sexta, 18 de setembro de 2020

Detido por agredir companheira em público no Centro de Niterói

Acusado chegou a ser detido, mas foi liberado. Foto: Plantão Enfoco

Uma mulher, de 42 anos, conseguiu ser resgatada das agressões que sofria do esposo, de 29 anos, em pleno espaço público, no começo da tarde desta quarta-feira (22). Dois guardas municipais que estavam lotados nas redondezas da Estação das Barcas, na Praça Araribóia, no Centro de Niterói, foram os responsáveis pela ação, conduzindo, em seguida, vítima e agressor para a delegacia da região.

Segundo a Delegacia de Atendimento à Mulher de Niterói (Deam), o acusado de praticar o crime saiu da prisão há pouco tempo. Por conta do episódio desta quarta, a Polícia instaurou medida protetiva contra o rapaz, que coleciona passagens anteriores por tráfico de drogas e roubo.

Após as diligências na delegacia, o agressor foi solto por falta de elementos. A Lei Maria da Penha (nº 11.340) estabelece que todo o caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime e deve ser apurado através de inquérito policial. Em caso de condenação, o agressor pode ficar preso de três meses até três anos.

Procurada, a concessionária CCR Barcas negou que o fato tenha ocorrido dentro de alguma embarcação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *