Foto: Plantão Enfoco/Arquivo

O proprietário de um posto de combustível em Itaipu, Niterói, foi preso em flagrante pelo crime de furto de energia, o famoso ‘gato’. A ação aconteceu na última terça-feira (13) e contou com homens da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da concessionária Enel.

Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, segundo a Enel o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. “As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia”, informou a distribuidora.

A Enel ainda disponibiliza o canal pelo site para denúncias de furto de energia em todo o Estado, sem necessidade de se identificar. As denúncias também pode ser feitas pelo aplicativo Enel Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *