quinta, 22 de outubro de 2020

Enquadrado pela Polícia após fazer sobrevoo com drone na Ponte Rio-Niterói

De acordo com a PRF, o condutor não possuía nenhum documento para o uso do drone e alegou que estava fazendo filmagem do Rio. Foto: Divulgação – PRF

Um homem foi flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), sobrevoando a Ponte Rio-Niterói com um drone. O local é uma zona de voo proibida. O fato aconteceu na tarde de segunda-feira (18). A PRF lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), em que o motorista foi enquadrado nas contravenções penais de direção não licenciada de aeronave e prática de aviação acrobata ou voos baixos, fora de zona permitida.

Por volta das 13h40 de segunda (18), a concessionária Ecoponte contactou a PRF para informar que havia um carro estacionado, no recuo da Ponte e o motorista, de 30 anos, estava se recusando a sair do local. Além disso, ele estava operando um drone.

Os policiais foram até o local e pediram ao motorista o documento SISANT, que é o cadastro no Sistema de Aeronaves não Tripuladas e se ele possuía autorização de voo, emitida pela Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

De acordo com a PRF, o condutor não possuía nenhum documento para o uso do drone e alegou que estava fazendo filmagem de imagens do Rio de Janeiro para mostrar o quanto estava diminuindo a poluição na cidade, com a restrição da circulação de pessoas, em alguns bairros, devido à Covid-19.

Publicado às 23h03.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *