segunda, 17 de maio de 2021

Esfaqueado pelo próprio irmão em São Gonçalo

O caso foi registrado como tentativa de homicídio na Delegacia de Neves (73ª DP). Foto: Karina Cruz

Uma briga em família teria motivado a agressão de um homem contra o próprio irmão na madrugada deste domingo (2), no bairro Galo Branco em São Gonçalo. A vítima levou facadas no braço e na barriga . O autor do fato foi preso pela polícia militar.

A esposa da vítima relatou em depoimento na Delegacia de Neves (73ª DP) onde o caso foi registrado, que estava deitada com seu esposo quando o casal ouviu um barulho na casa debaixo e seu marido foi checar o que era.

A mulher contou que escutou uma discussão e quando desceu viu o marido brigando com o irmão e muito sangue no chão. Ela disse a polícia que não sabia precisar de quem era o sangue e gritou para seu cunhado soltar a vítima. O autor então parou com as agressões e foi questionado pela cunhada porque tinha esfaqueado o irmão. Ela disse que ele respondeu apenas que “Eu acabei tendo que machucar ele”.

A esposa da vítima disse que gritou por socorro e ligou para um familiar que foi até a residência da família localizada na Rua Borges Figueiredo. Segundo consta no registro de ocorrência, a vítima foi socorrida pelos vizinhos e levada para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) no Colubandê. De acordo com a unidade de saúde, o paciente segue estável.

O cunhado da vítima, disse em depoimento que quando chegou na casa de sua irmã, percebeu que o autor ainda estava próximo da residência. Ele relatou também que viu autor deixar o local e o seguiu para ver onde ele iria se esconder.

Já no hospital, familiares da vítima contaram o ocorrido para um policial militar que fica de plantão na unidade de saúde e disseram que sabiam onde o homem havia se escondido. Os policiais foram ao endereço e prenderam o autor.

Motivação

A esposa da vítima contou na delegacia que cedeu um imóvel que fica no mesmo quintal para a sogra morar com o filho, mas após o falecimento da idosa pediu que o cunhado desocupasse a casa. Ela relatou que ele saiu da residência, e levou todos os objetos da casa em que morava com a mãe.

A mulher também disse a polícia que três dias antes do fato, encontrou três facões escondidos no quintal e por conta disso, resolveu trocar as fechaduras da casa.

De acordo com a família, o autor do fato, já teria sido usuário de drogas e chegou a ficar internado recentemente em uma casa de recuperação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');