sexta, 18 de setembro de 2020

Estado do Rio menos violento em 2019

ISP revela queda em diferentes tipos de violência em todo o estado no ano passado. Foto: Arquivo
ISP registrou queda em diferentes tipos de violência em todo o estado no ano passado. Foto: Arquivo

Os crimes violentos letais intencionais – que incluem homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte – registraram queda de 20% em 2019 no estado do Rio de Janeiro, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), divulgados nesta terça-feira (21). Foram 4.154 vítimas em 2019 contra 5.180 em 2018. Este foi o menor número para o período nos últimos 20 anos. Na comparação mensal com dezembro de 2018, o recuo foi de 7%.

Os homicídios dolosos caíram 19% em 2019, quando comparados com o ano de 2018. Foram 3.995 vítimas no ano passado e 4.950 em 2018. Esse é o menor número de vítimas para o acumulado do ano desde o início da série histórica, em 1991. Na comparação com dezembro de 2018, o declínio foi de 6%.

Os roubos seguidos de morte (latrocínio) registraram diminuição de 34% entre janeiro e dezembro de 2019, quando comparados com o mesmo período de 2018. Em 2019, foram 115 vítimas, o menor para o período desde 1991. O número de policiais civis e militares mortos em serviço atingiu o menor número desde 2015: foram 22 policiais mortos em 2019.

Já as mortes por intervenção de agente do Estado recuaram pelo quinto mês seguido no ano: 195 casos em julho, 173 em agosto, 154 em setembro, 144 em outubro, 135 em novembro e 124 em dezembro. Na comparação com o ano de 2018, o indicador apresentou um aumento de 18%.

Crimes contra o patrimônio registram o menor índice desde 2016.

Os crimes contra o patrimônio apresentaram resultados significativos no ano passado. O indicador roubo de veículo fechou o ano com queda de 24% em relação a 2018 – foram roubados menos 12.348 veículos (39.749 roubos em 2019 e 52.097 em 2019). Em relação a dezembro de 2018, o declínio foi de 18%.

Nos roubos de carga, a diminuição foi de 19% em relação a 2018. Foram 7.455 casos no ano passado contra 9.182 em 2018. No mesmo período, os roubos de rua (soma de roubo ao transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo) caíram 8% em relação a 2018, de 130.620 roubos para 120.456, em 2019 – menos 10.164 roubos. Em relação a dezembro, o recuo foi de 19%. Também no mês de dezembro, o indicador registrou o menor valor desde março de 2017.

Armas

Ano passado, as polícias Civil e Militar apreenderam 23 armas de fogo por dia no estado, contabilizando um total de 8.423 armas retiradas de circulação. Destas, 550 eram fuzis: foi o maior número deste tipo de armamento recolhido nos últimos 12 anos, um aumento de 11% em comparação com o ano de 2018.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *