domingo, 24 de janeiro de 2021

Estado exige retorno de policiais cedidos a instituições

Polícia Civil
Policiais têm 48 horas para retornar. Foto: Divulgação / GovRJ

Policiais civis que atuam em órgãos dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo, além de autarquias e organizações das esferas municipal, estadual e federal deverão retornar paras as delegacias. A determinação consta em decreto publicado pelo Governo do Estado na terça-feira (8).

Entre as instituições que ficarão sem a Polícia Civil estão: deputados da Câmara, em Brasília; Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (Detro); Ministério Público do Estado (MP-RJ); Departamento de Trânsito (Detran); Instituto Estadual do Ambiente (Inea), dentre outros órgãos.

A assinatura do decreto foi feita pelo governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), sob a justificativa de que ‘há um grande déficit de efetivo, o que tem prejudicado o desenvolvimento das atividades sob sua responsabilidade’.

Com a medida, os policiais civis cedidos pela Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio deverão comparecer, até esta quinta-feira (10), ao gabinete do Departamento Geral de Gestão de Pessoas da pasta. O decreto informa que lá os agentes vão formalizar suas apresentações.

Após o ato, os policiais estarão em condições de assumir o serviço em acordo com as determinações da Administração Superior da Instituição. O não cumprimento do procedimento sujeitará o policial civil às sanções administrativas previstas em lei.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *