Material será periciado pelo IML que deverá indicar a causa da morte e também o sexo da vítima. Foto: Alex Oliveira.

Foi recolhido para o Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó o crânio que estava abandonado há mais dez dias em um cruzamento entre as rodovias RJ-104 e RJ-106, em São Gonçalo. 

De acordo com a Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), a remoção foi solicitada a pedido do IML. 

Segundo a perícia da DHNSGI, o crânio tem uma fratura, mas não há perfuração de arma de fogo. 

Ainda segundo a apuração preliminar da perícia, existem vestígios de terra  no crânio que podem indicar que tenha sido desenterrado. 

Pelas investigações, o material será periciado pelo IML que deverá indicar a causa da morte e também o sexo da vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *