sábado, 23 de janeiro de 2021

Flagrado pela PF de Niterói compartilhando pornografia infantil

Preso em flagrante compartilhando pornografia infantil. Foto: Marcelo Tavares

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (26), quatro mandados de busca e apreensão contra abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes em Niterói e São Gonçalo. Segundo o delegado responsável pela investigação, Fabrício Alonso Martinez, um homem foi preso após ser pego em flagrante apagando conteúdos pornográficos do computador.

“Quando a equipe chegou à casa do alvo ele apagou um arquivo do computador, mas nós conseguimos impedir que o restante do material fosse apagado. Constatamos que ele compartilhava conteúdo de pornografia infantil em um site e possuía vasta quantidade de material de vídeos e fotografia infantil em um HD externo. Achamos também fotos do próprio acusado com uma familiar criança. Suspeitamos que ele possa ter produzido algum material com ela”.

Delegado Fabrício Alonso Martinez.

Ainda segundo o delegado, o upload de um vídeo de abuso infantil em um site da Europa Central foi feito em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, e teria dado início às investigações. Ele não informou, no entanto, se o preso em flagrante é o mesmo que este acusado. Os outros três mandados foram cumpridos em São Gonçalo, nos bairros Porto Novo e Coelho.

“É um site aberto, acessível a qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo, e foi o site que fez contato com a Interpol, que fez a comunicação com as autoridades brasileiras por meio da nossa unidade Central. Após ter ciência da situação seguimos então na investigação para identificar quem teria feito a ação. Conseguimos encontrar login e senha, que irão ajudar com as investigações”.

Delegado Fabrício Alonso Martinez.

A operação

A operação conhecida como ‘Lágrimas do Amarante‘ tinha o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão em Niterói e quatro em São Gonçalo. Participam da operação um total de 19 policiais federais, além do apoio prestado pela Polícia Militar.

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói e pela 2ª e 3ª Varas Federais de São Gonçalo.

Ainda segundo a polícia, as investigações tiveram, em sua maioria, origem em reportes da Unidade Central da Polícia Federal de Combate à Crimes Cibernéticos e da Interpol, tendo em vista que em um dos endereços foi detectado upload de vídeo pedopornográfico em site de conteúdo adulto, cuja sede está registrada na República Tcheca.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *