quinta, 26 de novembro de 2020

Futebol do tráfico em São Gonçalo

Partidas de futebol no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, estão na mira da Polícia Civil. A 72ª DP (Mutuá) investiga crimes de associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e disparo de arma de fogo em ao menos dois jogos distintos, realizados em um campo na localidade de Itaoca.

O Plantão Enfoco apurou que a delegacia da região teve acesso a imagens de uma ‘pelada’ onde jogadores ostentam grande quantia de dinheiro em espécie e criminosos da região efetuam disparos em rajada com armas de guerra na localidade.

De acordo com o delegado titular, Allan Duarte, a investigação da distrital tem como objetivo identificar quem são as pessoas que aparecem nas imagens, assim como os criminosos que atiram à beira do campo.

“Também está sendo apurado quem foi o responsável pelo pagamento do prêmio ao time vencedor e a origem do dinheiro”, afirmou Duarte.

Nas fotos registradas pelos jogadores do ‘time verde’, após uma das partidas, é possível notar a frase “#EternoJoaoPedro”, em alusão ao menino João Pedro, morto dentro de casa durante uma operação policial na mesma localidade, em maio deste ano.

Ainda segundo a investigação da Polícia, no dia da gravação do vídeo, o ‘time verde’, chamado de “Malvadão Futebol Clube”, do Salgueiro, foi o campeão da disputa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

2 thoughts on “Futebol do tráfico em São Gonçalo

  1. Nao é só no Salgueiro. A Jaqueira, no Patronato, também está um horror! Se uma viatura da PM entrar na R. Ezequiel Monteiro, é recebida a tiros! A “patroa” é uma madame, que mora no Conjunto Badi, mas o resto da família está aqui na já famosa Jaqueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *