terça, 27 de outubro de 2020

Golpe do 171 em lojas é investigado em Niterói

moreira cesar, icaraí, comércio, loja, golpe, 171, marcelo tavares
Policiais da Delegacia de Icaraí estão apurando o caso. Foto: Pedro Conforte

Um comerciante de Icaraí, na Zona Sul de Niterói, levou um prejuízo de R$ 5 mil ao ser vítima de um golpista, que comprou diversas mercadorias e não pagou. De acordo com a vítima, na loja o acusado usou a desculpa de estar sem cartão e dinheiro em mãos, mas que faria uma transferência bancária e só precisaria pegar o celular em casa. O empresário ainda acompanhou o cliente até o prédio e esperou ele descer, mas ele não apareceu e não autorizou a vítima subir.

Ainda segundo o comerciante, o ‘cliente’ disse que precisava dos equipamentos entre eles uma filmadora do estilo GoPro, porque ia fazer uma viagem a arquipélago Fernando de Noronha, em Pernambuco.

“Ele nos disse que conhecia até um ator que é dono de uma pousada lá. Achei estranho, mas não desconfiei. Como estávamos muito tempo fechados, a vontade de vender falou mais alto. Foi um erro”

Segundo um dos proprietários da loja, o acusado mora próximo da loja e era um conhecido.

“Antes de abrir nosso negócio, meu filho já havia trabalhado como vendedor em uma loja de roupas. Ele, o 171, já chegou a comprar com meu filho, mas sempre pagava em dinheiro. Não desconfiamos de que ele poderia agir de má fé com a gente”, contou.

O comerciante disse ainda que encontrou o pai do acusado e na tentativa de cobrar o prejuízo, foi informado que o mesmo faz tratamento psiquiátrico.

“O pai dele me falou que de vez em quando o filho deixa de tomar os remédios e toma essas atitudes. Me disse também que iria tentar interná-lo para então conseguir reaver as minhas mercadorias, até porque ele não tem acesso ao apartamento do filho”, explicou.

A ocorrência foi registrada da Delegacia de Icaraí (77ª DP). De acordo com a polícia, mais dois casos contra o mesmo autor já foram registrados. Em um deles, a vítima relatou à polícia que ao entregar a encomenda na casa do golpista, ele pegou a mercadoria fechou a porta e não pagou.

A polícia disse ainda que está apurando todos os casos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

3 thoughts on “Golpe do 171 em lojas é investigado em Niterói

  1. Enquanto houver OTÁRIO no mundo, sempre haverá um ‘esperto’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *