sexta, 18 de setembro de 2020

Golpistas presos após atacar blogueiro de Niterói

Criminosos chegam no condomínio da vítima e se passam por policiais. Reprodução vídeo.

Três pessoas acusadas de extorsão contra um influenciador digital de Niterói foram presas no último dia 10. A prisão no entanto, só foi divulgada pela Delegacia de Jurujuba (79ª DP) nesta segunda-feira (14) e a polícia não informou onde foi efetuada em quais circunstâncias. Segundo a vítima, que ficou em poder dos criminosos por mais de uma hora, os bandidos chegaram a exigir um valor de R$ 500 mil para não matar o jovem. 

De acordo com a polícia, a prisão dos acusados faz parte da primeira fase da operação  Digital Influencer. A polícia afirma que a quadrilha, que agia em Niterói, é responsável por extorquir pessoas populares nas redes sociais, com grande número de seguidores e que ostentam alto poder aquisitivo. A polícia no entanto não respondeu quantas pessoas já foram vítimas da quadrilha.

Um blogueiro de 19 anos viveu momentos de terror nas mãos dos criminosos na noite do último dia dia 27 de julho. Segundo ele, três homens chegaram em veículo, modelo Fiat Uno na cor prata, no condomínio onde a nde a vítima mora em Pendotiba, Niterói.

Segundo o rapaz, os bandidos apresentaram um distintivo que seria da Polícia Federal foram  diretamente para casa do jovem.

“Já passava das 22h quando eu ouvi uma pessoa me chamar pelo apelido, na terceira vez eu atendi. Quando fui abrir o portão, tinha só um homem e logo em seguida apareceram mais dois. Um deles mostrou um arma e falou para irmos até um ponto do condomínio onde não tinha câmeras. Lá eles começaram a me ameaçar de morte caso eu não desse o que eles queriam”, contou.

A vítima revelou ainda que os criminosos chegaram perguntando de um veículo importado, modelo Mercedez, que segundo o jovem, aparece em uma de de suas postagens.

“Dentre muitas ameças de morte eu ainda dei meu celular Iphone 11 para eles e R$ 5 mil em espécie. Não satisfeitos ainda me fizeram ir no condomínio de um amigo para pedir mais dinheiro”, relatou.

Ainda segundo o jovem, os criminosos o forçaram a entrar no carro e seguiram até a casa do amigo que fica em Maria Paula.

“Quando chegamos lá a mãe desse meu amigo disse que ele estava em outro lugar, um condomínio em Pendotiba. Ainda sob ameaças, eles me forçaram a ir onde até lá. Entramos no condomínio e eles me fizeram ir até a quadra onde esse meu amigo estava. Lá, eu contei o que estava acontecendo e fomos ao encontro dos criminosos que ainda estavam dentro do condomínio”, explicou a vítima.

De acordo com ele, os criminosos levaram a dupla para um ponto não coberto por câmeras e fizeram novas ameaças. O amigo do influencer teria sido obrigado a transferir R$ 12 mil para a conta dos criminosos.

“Ainda falta uma pessoa ser presa e por conta disso eu não me sinto muito seguro. Eu mudei um pouco a minha rotina, mas vou continuar meu trabalho. Agora farei publicações dentro dos limites de segurança”, garantiu a vítima.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *