sábado, 06 de março de 2021

Hotel do crime em São Gonçalo ganha hóspede indesejado, a PM

Complexo do Salgueiro tem sido alvo de recentes operações policiais nos últimos dias. Foto: Arquivo / Pedro Conforte

Conjunto de favelas conhecido pela hospitalidade com traficantes do Rio, o Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, tem sido alvo de recentes operações da Polícia Militar nos últimos dias. A principal motivação das incursões seria o abrigo de uma quadrilha de traficantes da localidade conhecida como Nova Holanda, localizada no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, fortalecendo o poderio bélico do conhecido Quartel-General do Comando Vermelho na cidade.

Segundo cruzamento de dados realizado pela Polícia Militar, uma quadrilha composta por oito traficantes teria sido expulsa da Nova Holanda, acusada de diversos crimes, por ter provocado a PM para operações na localidade, conhecida pela alta periculosidade e presença de traficantes armados com armamentos utilizados em guerras.

Entre os principais crimes que o grupo é acusado de participação ou execução, está um atentado contra dois policiais na Rodovia Washington Luís, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em novembro do ano passado, onde um agente foi morto e outro ficou ferido. Além disso, segundo a PM, o grupo estaria envolvido também na ação da última sexta-feira (29), onde um motorista e um ajudante foram feitos reféns por mais de duas horas no Complexo do Salgueiro. Parte da carga de carnes foi roubada pelos criminosos, totalizando um prejuízo estimado em R$ 80 mil.

Cartaz do traficante Motoboy

Após receber visitas consecutivas da Polícia Militar na busca dos criminosos, o traficante Rodrigo da Silva Caetano, o Motoboy, apontado pela polícia como o chefe do tráfico da Nova Holanda, teria expulsado o “bonde” no início deste ano.

Os traficantes ganharam abrigo no Complexo do Salgueiro e são apontados pela polícia como responsáveis por uma série de roubos de cargas ocorridos em janeiro deste ano em São Gonçalo, o que chamou a atenção da polícia, que deu início a incursões na região. A última delas acontece desde as primeiras horas desta segunda-feira (1º) com a participação de policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Choque (BPChq), do Grupamento Aeromóvel (GAM) e do Batalhão de Apoio com Cães (BAC).

“Não haverá trégua”

Gilmar Tramontini, comandante do Batalhão de São Gonçalo (7ºBPM)

Rabicó x Paraíba

'Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo'

Após um ano de poucas mudanças internas no conjunto de comunidades localizado às margens da BR-101, em São Gonçalo, o Complexo do Salgueiro estaria às vésperas de um conflito interno entre os próprios traficantes do Comando Vermelho.

O primeiro problema causado nos bastidores do tráfico de drogas seria chegada do grupo de traficantes, conhecido como Tropa do Lampião. O principal hospedeiro dos traficantes, oriundos do Nordeste, é o criminoso conhecido como Paraíba e principal rival de Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó, apontado pela polícia como o líder do tráfico de drogas do Salgueiro.

Rabicó é conhecido pela periculosidade e por “orquestrar” as ações criminosas do Salgueiro. Foto: Divulgação

A Polícia investiga se Rabicó “abrigou” os traficantes da Nova Holanda como uma espécie de ‘escudo’ para um possível golpe de Estado, que partiria de Paraíba e dos criminosos nordestinos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *