domingo, 17 de janeiro de 2021

Imagens revelam momentos do assassinato de policial em São Gonçalo

Publicada às 11h14 / Atualizada às 14h01

Tiro, assalto, homicídio, DH, morte, disparo
Um dos tiros acertou o peito do policial, que não resistiu e morreu no hospital. Foto: Pedro Conforte

A Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo já está com as imagens que mostram o momento em que um policial civil é atacado por criminosos armados na tarde desta quarta-feira (13), no bairro Camarão, em São Gonçalo. Agentes estão em diligências nesta quinta para prender o terceiro envolvido no crime. 

O policial civil lotado na Delegacia de Neves (73ª DP) não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital Estadual Alberro Torres (Heat), no Colubandê.

Rodrigo Costa Roboredo, de 37 anos, conduzia o veículo, modelo Hyundai Creta Cinza, pela Rua Ricardo Campêlo, quando foi abordado por criminosos armados que estavam em um veículo Toyota Etios Branco.

Vídeo flagrou o momento do ataque contra o policial. Imagens via grupo Plantão Enfoco

As imagens mostram dois homens saindo do carro em que estavam, um deles armado. Eles seguem em direção ao carro do policial que estava com a família.

O policial reage e atira nos bandidos. A vítima sai do carro ferida e acaba caindo na calçada. Um deles [bandido] volta ferido para o carro branco que arranca e foge.

Um segundo criminoso, que também foi baleado na troca de tiros, ainda entra no carro do policial que estava com a esposa e o filho do casal. Neste momento as imagens flagram a mulher saindo do veículo correndo com a criança no colo. 

Em seguida, o criminoso foge, mas acaba parando algumas quadras depois, na Rua Ana Marques. O bandido identificado pela polícia como Gabriel de Souza Soares morreu no local. 

O segundo criminoso foi atingido nas nádegas e deu entrada no Pronto Socorro de São Gonçalo. Na unidade, ele alegou ser mototaxista e que havia sofrido um assalto.

No entanto, no confronto balístico a polícia concluiu que o projétil retirado do corpo do criminoso saiu da arma do policial. Com a evidência, a investigação já concluiu que ele é um dos participantes do crime. De acordo com a polícia, ele acabou morrendo no início da tarde desta quinta-feira (14) na unidade de saúde onde estava internado.

O carro do policial, que está na sede da Divisão de Homicídios, apresenta pelo menos seis perfurações na lataria. O enterro acontecerá às 17h desta quinta-feira (14), no cemitério Parque da Paz, no Pacheco.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *