sábado, 10 de abril de 2021

Integrante de quadrilha de agiotagem é preso em São Gonçalo

O acusado foi levado para a Delegacia do Centro de Niterói (76ª DP). Foto: PCERJ

Um homem conhecido como Gonçalves, de 42 anos, foi preso na noite desta sexta-feira (26), na Rua Doutor Pio Borges, no bairro Pita, em São Gonçalo. Ele é acusado de ser um dos integrantes de uma das maiores quadrilhas de agiotagem e extorsão do Rio. Contra ele foi cumprido mandado de prisão preventiva. 

De acordo com a Polícia Civil, a prisão foi realizada por agentes da Delegacia do Centro de Niterói (76ª DP), com base nas investigações conduzidas pela Delegacia de Inhaúma (44ª DP) na operação Infestus, realizada para desarticular uma das maiores organizações criminosas do Rio, voltadas para a prática de agiotagem e extorsão, e que já chegou a ter 70 escritórios espalhados por todo estado.   

Ainda de acordo com a polícia, Gonçalves também é investigado pela tentativa de homicídio de um ex-membro da sua organização criminosa, o crime aconteceu no ano de 2013. 

Esquema financeiro 

Além da prática da agiotagem clássica, cujos empréstimos incidem juros abusivos, a organização criminosa que Gonçalves integrava colecionava vítimas cobrando dívidas antigas (adquiridas com agiotas) que já tinham sido quitadas. Inusitadamente também cobravam dívidas fictícias de empréstimos que nunca existiram. Eles telefonavam insistentemente para os “devedores”, seus parentes e vizinhos, fazendo graves ameaças até conseguirem o pagamento da “dívida”. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *