terça, 22 de setembro de 2020

Justiça mantém líder do Comando Vermelho em presídio fora do Rio

A Justiça do Rio de Janeiro obteve a permanência de Wallace Carlos da Conceição, vulgo Churrasquinho, no presídio federal em Mossoró, Rio Grande do Norte.  Considerado um dos líderes da organização criminosa Comando Vermelho (CV), Wallace havia conseguido o benefício da transferência para o Rio no dia 4 último.

Com a concessão de efeito suspensivo ao recurso especial, deferido em 30 de maio pela terceira vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargadora Maria Augusta Vaz Monteiro de Figueiredo, o condenado será enviado de volta ao presídio de segurança máxima no Rio Grande do Norte. O pedido foi feito pela Assessoria de Recursos Constitucionais Criminais do Ministério Público do Rio.

Histórico

O criminoso possui longa ficha criminal, da qual constam crimes como roubo, quadrilha ou bando, homicídio, financiamento e associação para o tráfico de drogas, evasão mediante violência contra pessoa, ocultação de cadáver e porte de arma de uso restrito, entre outros. Por isso, sua permanência fora do estado de atuação é considerada medida de amplo interesse no âmbito da segurança pública.

No recurso especial, o Ministério Público informa que a permanência de Wallace Carlos no Rio representa grave risco à política de segurança sob intervenção federal, diante da suspeita da comunicação estabelecida com comparsas, por meio de advogados e visitantes, prática historicamente verificada nas unidades prisionais.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *