sábado, 15 de maio de 2021

Mãe de Henry testa positivo para Covid-19 e é transferida para Bangu

Gericinó
Monique foi transferida para o Complexo Penitenciário de Gericinó. Foto: Karina Cruz

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, de quatro anos, morto em casa na Barra da Tijuca no último dia 8 de março, testou positivo para a Covid-19 na noite desta segunda-feira (19). Ela foi atendida no Hospital Penal Hamilton Agostinho, no complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, Monique solicitou atendimento e foi encaminhada para Bangu. Lá, ela foi diagnosticada com a doença.  Ainda de acordo com o comunicado, a mãe de Henry ficará internada para fazer acompanhamento médico. Não foi divulgado o estado de saúde dela.

Depoimento

A nova defesa de Monique insiste que ela seja novamente ouvida pela polícia. Cabe ao delegado da Barra da Tijuca (16ª DP) requerer o novo depoimento da acusada.

Monique Medeiros e o vereador Jairinho, acusado pela polícia de agredir e matar a criança, foram presos temporariamente na manhã do último dia 8 de abril, em Bangu, na zona oeste da cidade.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');