Dados divulgados nesta quarta-feira (21) pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que o crime tem feito menos vítimas nas ruas das cidades da região. Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí apresentaram queda nos roubos de rua – que é o somatório dos roubo a transeunte, em coletivo e de aparelho celular – maiores do que a média do Estado. Além disso, os quatro municípios também contabilizaram reduções nos roubos de veículos, principalmente em Niterói que alcançou 38% menos registros na comparação de julho deste ano com o mesmo mês de 2018.

Segundo o ISP, em julho, os roubos de veículos registraram queda de 9% em relação ao mesmo mês de 2018 em todo Estado. Além de Niterói que apresentou queda expressiva, Itaboraí reduziu em 38%, passando de 120 roubos em julho do ano passado para 79 em julho de 2019. Fechando as cidades, São Gonçalo registrou 14% de queda e Maricá 21%. No acumulado do ano, a diminuição foi de 22% (o menor valor para o período desde 2017) em todo Rio de Janeiro, mas o destaque vai para Itaboraí que que reduziu mais que a metade dos veículos roubados, passando de 1.058 para 526 nos primeiros sete meses deste ano, uma queda de 50,3%.

Em relação aos roubos de rua, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí reduziram 22%, 6%, 30% e 18%, respectivamente. Já no Estado a redução foi de 8% em julho e, no acumulado do ano, de 3% em relação a 2018. Os roubos de carga caíram 5%, e, no acumulado do ano, em todo o Rio de Janeiro, o indicador registrou a menor soma desde 2016 – representando um recuo de 19% na comparação.

O indicador letalidade violenta (homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção de agente do Estado) também apresentou declínio no somatório de todas as cidades do Rio: diminuição de 7% em julho, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Apenas Niterói e Itaboraí não apresentaram queda, morreram mais gente em julho deste ano, do que no mesmo mês de 2018. Em Niterói foram 25 contra 21, um crescimento de cerca de 15%, enquanto em Itaboraí foram 31 frente aos 26 no ano passado.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *