sábado, 27 de fevereiro de 2021

Morto com pelo menos 30 tiros por traficantes do Salgueiro

SALGUEIRO, BR, 101
‘Tribunal do tráfico’ fez mais uma vítima no Complexo do Salgueiro. Foto: Arquivo/ Pedro Conforte

Conhecida tática utilizada por traficantes em comunidades, o “tribunal do tráfico” fez mais uma vítima no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Um integrante do tráfico de drogas conhecido como Rafael foi executado, neste sábado (6), com pelo menos 30 tiros na frente de moradores na localidade conhecida como Itaoca.

Nas redes sociais, familiares e amigos da vítima fizeram um pedido para localizarem o corpo de Rafael, que teria sido levado por Rabicó e seus soldados para uma área de difícil acesso.

“Gostaria de pedir justiça pela família do Rafael, que foi executado na frente de moradores ontem [6] na ilha de Itaoca. Rabicó com seus comparsas o mataram friamente com muitos tiros na frente de moradores e crianças. Esse Rafael é o que estava no lugar do Marcelo Rosão, morto no ano passado, pelo mesmo grupo. Não deram o direito nem da família poder enterrar. Após o crime, levaram o corpo pro interior da comunidade. Pedimos ajuda para acha o corpo a mãe estar desesperada querendo ao menos enterrar o filho”, diz o desabafo publicado em uma rede social.

A Polícia Civil investiga se o Rafael em questão seria Rafael da Cruz Schuab, conhecido apenas como ‘Schuab’. Ele é acusado de integrar o tráfico de drogas do Complexo do Salgueiro e apontado pela polícia como o responsável, junto de outros criminosos, por impor punições a traficantes rivais, além de ter função importante nos roubos de cargas e veículos, principalmente na BR-101.

Polícia investiga se morto seria o Rafael Schuab. Foto: Portal Procurados

‘Schuab’ é uma figura conhecida entre os traficantes do Complexo do Salgueiro. Segundo a polícia, ele teria ocupado a vaga que era de Marcelo Rosa da Silva, o Marcelo Rosão, que também teria sido vítima da brutalidade de Rabicó em novembro do ano passado.

Contra Rafael Schuab existem dois mandados de prisão em aberto pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado.

Segundo a polícia, em um desses crimes, Schuab participou de uma trama criminosa junto dos traficantes Thomas Jayson Vieira Gomes, o 3N, Alexandre Souza de Lima, o Xandinho, e Luiz Ricardo Monteiro Cunha, o Ricardinho. Ao lado dos criminosos, já mortos, e outros cinco comparsas, eles teriam sequestrado e torturado um homem em abril de 2019. A motivação seria um possível relacionamento da vítima com a companheira de um dos criminosos que formavam a linha de frente do tráfico de drogas do Complexo do Salgueiro.

As disputas do tráfico de drogas e a hierarquia da criminalidade naquela região são investigadas pela Delegacia do Mutuá (72ª DP).

“Estamos investigando a informação junto a nossa força de Inteligência, com o objetivo de identificar autoria de motivação do crime”, disse o delegado Allan Duarte, titular da distrital.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *