segunda, 17 de maio de 2021

Motoboy é denunciado por morte de porteiro na Barra da Tijuca

Segundo a denúncia, o conflito entre os dois iniciou porque o entregador insistiu em deixar o edifício pela saída social. Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio denunciou o entregador por aplicativo pelo homicídio qualificado do porteiro Jorge Jose Ferreira, ocorrido no dia 29 de março, na Barra da Tijuca.

O denunciado trabalhava como motociclista de aplicativo e havia acabado de realizar uma entrega no condomínio em que a vítima trabalhava como porteiro.

Segundo a denúncia, o conflito entre os dois iniciou porque o entregador insistiu em deixar o edifício pela saída social, apesar do porteiro informar que ele deveria seguir por outro caminho e tentar impedi-lo de sair pela portaria principal.

O entregador, então, desferiu tapas nos braços e um chute na perna do porteiro. A vítima, em seguida, correu até a guarita, pegou uma barra de ferro e golpeou o denunciado na perna, ocasião em que o motoboy consegue retirar a barra de ferro das mãos de Jorge Jose e o golpeia por diversas vezes na cabeça.

Ainda de acordo com a denúncia, a desproporcionalidade da conduta do denunciado fica demonstrada uma vez que ele golpeou a vítima diversas vezes em sua cabeça, após ter sido atingido na perna, constatando-se que o crime foi cometido por motivo fútil.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');