domingo, 25 de outubro de 2020

MPRJ e Polícia Civil realizam operação contra fraudes no Rio

Operação é do Ministério Público do Estado do Rio. Foto: Arquivo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, com apoio da Delegacia Fazendária (DELFAZ) da Polícia Civil, cumpriu na cidade do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (13), novo mandado de prisão preventiva contra o controlador da empresa ARC Fontoura e um dos investigados de integrar uma organização criminosa estruturada para obter vantagens em contratos emergenciais, com dispensa de licitação, para a aquisição de ventiladores/respiradores pulmonares necessários para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus nos hospitais do Estado.

Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão por Promotores de Justiça e agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) em Piraí, município do Sul Fluminense. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara especializada de Crime Organizado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A ação é continuação da Operação Mercadores do Caos deflagrada na semana passada e contou com apoio do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Sonegação Fiscal e aos Ilícitos contra a Ordem Tributária, de agentes da CSI e da DELFAZ. O material apreendido servirá para instruir as próximas etapas da investigação que está em andamento. 

Há sigilo judicial decretado, razão pela qual não é possível prestar mais informações no momento sobre as medidas ajuizadas e sobre as apurações.

Publicada às 8h40

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *