segunda, 17 de maio de 2021

Mulher que torturava filho de 3 anos é presa no Rio

brinquedos, agressão infantil, crianças
Segundo os agentes, as agressões causaram sofrimento físico e mental à criança. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

Uma mulher acusada de torturar o filho, de 3 anos, na comunidade do Urubu, Zona Norte do Rio, foi presa em flagrante, nesta terça-feira (4), por policiais civis da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV). Segundo os agentes, as agressões causaram sofrimento físico e mental à criança.

Ao tomar conhecimento do fato por um policial militar, parente da vítima, a equipe da DCAV foi até o endereço indicado, resgatou a criança e a encaminhou a um hospital. O estado de saúde do menino, que possui diversos ferimentos pelo corpo, estado de desnutrição e desidratação, chocou até mesmo os policiais que participaram da ação.

De acordo com as investigações, a acusada também responde pelos crimes previstos no Estatuto do Idoso por expor a perigo a integridade e a saúde física e psíquica e apropriar-se de bens, provento ou pensão do idoso, cuja vítima é sua própria mãe. Esses delitos estão sendo apurados pela Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade (DEAPTI).

A mulher foi autuada em flagrante pelo crime de tortura majorada em razão de a vítima ser criança, com pena prevista de 2 a 8 anos de prisão.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');