quarta, 27 de janeiro de 2021

Novo episódio da guerra pela Alma faz vítimas em São Gonçalo

Complexo da Alma está em guerra há mais de uma semana. Foto: Redes Sociais

Desde as primeiras horas deste sábado (12), moradores do Complexo da Alma — região que abrange bairros como Amendoeira, Coelho e Vila Candoza — estão sendo aterrorizados com um novo episódio da guerra entre criminosos do Comando Vermelho (CV) e Terceiro Comando Puro (TCP). O intenso tiroteio ao longo do dia já deixou vítimas.

De acordo com a Polícia Militar, equipes do Batalhão de São Gonçalo (7° BPM) foram acionadas para checar a presença de um corpo na Rua Waldemiro Lopo, no bairro do Jóquei — região vizinha ao confronto. Chegando ao local, os policiais encontraram um homem, atingido por disparos de arma de fogo, já sem vida. A área foi isolada e a perícia da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) acionada.

Na manhã deste sábado (12), duas pessoas, de 40 e 41 anos, deram entrada no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, tendo sido baleadas nos bairros do Anaia e Amendoeira, respectivamente. O estado de saúde delas é considerado estável.

Já na parte da tarde, duas outras pessoas também buscaram socorro na unidade — sendo uma mulher e um homem. Os dois teriam sido atingidos por tiros no bairro do Amendoeira. A Polícia Militar, no entanto, ainda não esclareceu as circunstâncias dos casos.

Segundo moradores, os bandidos travaram a batalha após integrantes do CV darem um novo baque, no fim da noite desta sexta-feira (11), na comunidade conhecida como 590. Pelas redes sociais, os criminosos comemoraram a ‘retomada’ da região com fotos e vídeos, inclusive com a ‘aquisição’ de carga de drogas dos inimigos.

“Aí TCP*t*. Adorei o presente de Natal (…) Que bandido de m*rd* você é, escondendo as mercadorias dentro do guarda-roupa. Agora vai pagar o prejuízo que você deu”, escreveu um perfil.

Segundo a polícia, a região do 2º distrito de São Gonçalo — que engloba bairros como Amendoeira, Jóquei, Almerinda, Candoza, Pacheco — vive uma guerra de interesses que envolve lideranças do tráfico e criminosos de diversas localidades, incluindo o Complexo da Maré, no Rio, e o próprio Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

O TCP busca se manter naquela área, reduto deles na cidade, e o CV quer exterminar a facção rival invadindo aquela área. A ação acaba afetando também os moradores dos ‘predinhos’, no Jóquei, e as áreas do Pacheco e Sacramento, que servem como desovas de corpos do tribunal do tráfico. 

Procurada, a Polícia Militar ainda não esclareceu se atua na região, devido a informação de confrontos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *