domingo, 24 de janeiro de 2021

Passageiro é retirado das barcas por atos obscenos

Confusão foi gravada por passageiros. Imagens via grupo Plantão Enfoco

Um passageiro foi denunciado por importunação sexual dentro de uma embarcação que estava prestes a fazer o trajeto Praça Arariboia x Praça XV, em Niterói, nesta quinta-feira (3). A tripulação da concessionária CCR responsável pelo transporte aquaviário retirou o acusado da barca Urca momentos antes do início da viagem, ainda pela manhã, por volta das 8h30.

Segundo a denúncia, o acusado estaria se masturbando ao lado de uma mulher dentro da embarcação. Ele estaria aparentemente embriagado, apontam relatos. Assim que a vítima percebeu o ato obsceno, fez a denúncia no local – chamando atenção dos demais passageiros e tripulantes.

A identidade do acusado não foi revelada. Também não foram divulgadas maiores informações sobre a vítima.

Policiais militares chegaram a ser acionados, mas nenhum passageiro quis representar contra ele na Delegacia do Centro de Niterói (76ª DP). A concessionária CCR Barcas informa que não corrobora com qualquer ilegalidade nas estações ou barcos. Também explica que os colaboradores são treinados para coibir tais práticas.

No entanto, ainda segundo a CCR, alguns usuários insistem em realizar essas ações, e a empresa adota medidas para coibi-las, por meio da afixação de adesivos, de locuções sonoras e de trabalhos institucionais.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *