terça, 22 de setembro de 2020

Passageiro reage e assaltante de ônibus é morto no Rio

Assalto aconteceu na Avenida Brasil. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

Um passageiro reagiu a um assalto a ônibus que seguia para Niterói no início da manhã desta quinta-feira (17), na pista Central da Avenida Brasil, na altura da Penha, na Zona Norte do Rio. A ação aconteceu por volta das 5h30 e terminou com um criminoso morto e outro ferido. Uma passageira também se feriu ao tentar desembarcar do ônibus em movimento.

De acordo com a polícia, os feridos [a passageira e um dos criminosos] foram levados ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, também na Penha. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

Segundo a polícia, os criminosos armados entraram no ônibus da linha 143C, que faz o trajeto Nova Iguaçu – Niterói, e na altura da passarela 18 anunciaram o assalto.

Após a reação do passageiro, um bandido saiu do ônibus baleado e acabou morrendo cerca de 50 metros depois do local em que ocorreu o fato. O outro criminoso que estava desarmado acabou amarrado em um poste pelo motorista com a ajuda dos passageiros. Ele foi agredido pelas vítimas.

Pânico

De acordo o motorista do coletivo, Josézimo Soares do Santos, foi um “verdadeiro livramento nenhum passageiro ter sido baleado”.

“Infelizmente nosso psicológico fica abalado, mesmo que a gente esteja acostumado com a violência do Rio de Janeiro. No momento, a gente ainda sofre com a situação”, contou.

O motorista disse também que os criminosos estavam muito nervosos e fizeram ameaças caso alguém reagisse a ação. Ele disse acreditar que o passageiro que reagiu deveria ser um policial. No entanto, a polícia ainda não confirmou essa hipótese.

“Eles falaram que iam matar todo mundo. Nesse momento eu apaguei a luz do salão e levei o ônibus em direção à pista Central. Logo depois, ouvi os tiros. Um homem caiu em um dos degraus do ônibus, me apontou a arma, e mandou eu abrir a porta. Nesse momento, acabei encostando no botão que abria as duas portas e, assustados, passageiros começaram a querer desembarcar do ônibus que ainda estava em movimento. Foi onde uma passageira acabou se ferindo”, detalhou.

Ainda segundo o motorista, foi um momento de pânico total entre todos.

“Eu dei assistência aos passageiros que acabaram deitando no chão do ônibus com medo de serem feridos”, afirmou.

De acordo com a PM, policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) foram acionados para uma ocorrência de roubo a coletivo. No local, os policiais constataram o fato e foram informados de que um dos criminosos estava amarrado em um poste na altura da comunidade Cinco Bocas, próximo de Brás de Pina, bairro vizinho da Penha.

Segundo a polícia, o passageiro que efetuou os disparos não estava mais no local. Um revólver foi apreendido na ação e a Delegacia de Homicídios da Capital foi acionada para o local e vai investigar o caso.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *