quarta, 21 de outubro de 2020

Polícia tenta identificar autores do assassinato de Robson Giorno

Marcas na calçada, no local da perícia. Foto: Walace Rosa

A Divisão de Homicídios de Niterói iniciou neste domingo (26) as investigações sobre morte do empresário e pré-candidato a Prefeito de Maricá pelo partido Avante, Robson Giorno. Após a perícia durante a madrugada, os agentes retornaram ao local para coletar depoimentos de testemunhas e imagens de câmeras de segurança.

Giorno foi executado a tiros na porta de casa na Avenida Prefeito Ivan Mundin, no bairro Boqueirão, às 22h15 de sábado (25). Segundo a Polícia Militar (PM), ele estava acompanhado da esposa, Simone Giorno, quando foi abordado por um veículo Pálio de cor prata, de onde foram desferidos os disparos.

A Polícia Civil informou em nota que ainda tenta identificar o autor do crime. Ainda ao longo da noite, um dos dois filhos da vítima foi ouvido na Divisão de Homicídios.

Robson Giorno foi morto na porta de casa no sábado. Foto: Redes Sociais/Reprodução

Segundo os vizinhos, foram ouvidos ao menos quatro disparos contínuos. O corpo de Giorno acabou estirado na calçada do imóvel, já desfalecido. O primeiro andar é ocupado por uma galeria de lojas; a família reside no piso superior. Ainda abalados, familiares não quiseram falar sobre o ocorrido.

Giorno era advogado e administrava um jornal na região, ‘O Maricá’. Havia anunciado, recentemente, sua filiação ao Avante e disposição a concorrer às eleições de 2020 como oposição.

Pela manhã, o vizinho da família e pastor da Igreja Pentecostal Rosas de Sarón José Alves dos Santos fitava emocionado o local do crime, ainda com rastros de sangue. Com igreja instalada na rua há trinta anos, o pastor afirma nunca ter visto tamanha brutalidade na região.

“Giorno era um homem respeitado, ajudava muito as pessoas. Doou o que sobrou da construção de sua casa para que eu pudesse reformar a minha”, contou. O empresário residia ali há sete anos.

O corpo foi enviado ao Instituto Médico Legal (IML) de Barreto, em Niterói. Ainda não há informações sobre o horário e local do sepultamento.

A Câmara de Vereadores da cidade emitiu nota de pesar sobre o falecimento da figura política afirmando que “lamenta profundamente o falecimento do jornalista e empresário, Robson Giorno. Nossos mais sinceros sentimentos a sua família”.

A Prefeitura de Maricá afirmou em nota que “espera que as investigações conduzam rapidamente à identificação e punição dos responsáveis. Assim como reiteramos nosso compromisso com a liberdade de imprensa e de expressão, repudiamos também qualquer ato de violência”.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *