Policial Militar é morto em barbearia no RJ

O PM foi executado ao ser identificado por criminosos. Foto: Reprodução Redes Sociais

Mais um policial foi morto no Rio de Janeiro, desta vez o caso aconteceu na tarde desta terça-feira (23) em uma barbearia no Pechincha, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. O capitão da Polícia Militar, Anderson Azevedo Galvão foi executado ao ser reconhecido por criminosos que assaltavam o estabelecimento em que ele estava.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o capitão chegou a ser levado para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no caminho do hospital. 

Em seu perfil oficial o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), de Niterói lamentou a morte do capitão. 

“O BPRV lamenta a morte do Capitão PM Galvão no início desta tarde”.  

O Disque-Denúncia oferece uma recompensa no valor de R$ 5 mil por informações que possam esclarecer a morte do policial.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos criminosos pode denunciar pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia, no telefone (21) 2253-1177, ou aplicativo do órgão; Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no contato (21) 98849-6099; pelo facebook (mensagem inbox), no endereço https://www.facebook.com/procurados.org/.

Desde janeiro deste ano 19 Policiais Militares foram mortos no Rio de janeiro.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *