Policial morre em assalto na porta de casa no Rio

Subtenente é o 13º policial militar morto no Rio de Janeiro em 2019 (Foto: Redes Sociais/Reprodução)

O subtenente André Luiz Sampaio de Souza, 57 anos, morreu na noite de sábado (30) em um assalto na porta de casa em Engenheiro Leal, na Zona Norte do Rio de Janeiro. André estava na corporação desde 1986, era lotado na Diretoria Geral de Pessoal (DGP) e atuava no programa Niterói Presente. Trata-se do 13º policial militar morto no Rio de Janeiro em 2019.

De acordo com o 9º Batalhão de Polícia Militar (Rocha Miranda), uma equipe da unidade foi acionada para verificar informações de disparos de armas de fogo na Rua Barboza Rodrigues, no bairro Engenheiro Leal. No local, os militares encontraram o policial ferido no interior do seu automóvel.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que André chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos.

O subtenente, também conhecido como André Kaballa, deixa esposa e filha. Ele era compositor e sambista da G.R.E.S Em Cima da Hora, escola de samba do grupo de acesso sediada no bairro Cavalcanti, no Rio.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *