quarta, 16 de junho de 2021

Preso acusado de matar policial militar após discussão em boate no Rio

O autor foi localizado, após trabalho de inteligência e monitoramento, no bairro Ponto Chic, em Nova Iguaçu, enquanto participava de um churrasco. Foto: Plantão Enfoco

A equipe da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e agentes do Batalhão de Mesquita (20º BPM) prenderam, neste domingo (16), um homem acusado de matar um policial militar em 2018, no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

O autor foi localizado, após trabalho de inteligência e monitoramento, no bairro Ponto Chic, também em Nova Iguaçu, enquanto participava de um churrasco. Havia contra ele um mandado de prisão pendente por homicídio qualificado. Na época, pela brutalidade do crime, o Disque Denúncia chegou a oferecer R$ 5 mil pelas informações.

A vítima, o cabo Rafael José Pereira, na época lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho, foi assassinada na saída de uma boate, após uma discussão. O corpo ficou na Rodovia Presidente Dutra, onde foi encontrado por policiais rodoviários federais. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');