quinta, 21 de janeiro de 2021

Preso chefe de quadrilha que fraudava Bilhete Único no Rio

Prejuízo de R$ 500 mil por mês em fraudes. Foto: Divulgação

A Força-Tarefa criada pela Polícia Civil para combater as milícias, por meio da Delegacia de Polícia Interestadual – Divisão de Capturas (DC-Polinter), prendeu, nesta segunda-feira (14), um chefe de quadrilha que fraudava cartões de Bilhete Único.

Segundo a polícia, após a investigação, ele foi localizado em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, onde foi cumprido mandado de prisão preventiva. Os criminosos atuavam em diversas estações de trem do estado, causando um prejuízo mensal de mais de R$ 500 mil, totalizando mais de R$ 6 milhões.

Em mais de um ano de investigações, a quadrilha inseria créditos fraudulentos nos cartões, que eram utilizados nas roletas de diversas estações de trem. O grupo era ligado à milícia de Nova Aurora e lavava o dinheiro obtido com a prática ilícita em estabelecimentos comerciais comandados pelos bandidos.

A quadrilha também pagava aos milicianos para que pudessem atuar em algumas estações de trem localizadas em áreas dominadas pela organização criminosa.

Em setembro deste ano, foi deflagrada uma operação contra a mesma quadrilha, que prendeu oito de seus integrantes. Na ação, também foram apreendidos milhares de cartões utilizados no esquema e fechamento de uma central clandestina onde os criminosos fraudavam os cartões. Na ocasião, o chefe do grupo não foi preso, permanecendo foragido até esta segunda-feira.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *