terça, 19 de janeiro de 2021

Preso na Bahia acusado pela morte do contraventor Fernando Iggnácio

Fernando Iggnácio foi morto no dia 10 de novembro de 2020, em um heliponto da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Foto: Reprodução

Em um trabalho conjunto realizado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) do Rio de Janeiro e as polícias Civil e Militar da Bahia resultou na prisão de um miliciano acusado de envolvimento no assassinato do contraventor Fernando Iggnácio.

Ele foi localizado, nesta terça-feira (12), em uma pousada na região de Canavieiras, na Bahia. O homem foi preso durante uma ação em cumprimento de um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça fluminense. 

O acusado é policial militar e estava foragido. Ele e outros três homens foram identificados pela equipe da DHC por envolvimento no assassinato. Fernando Iggnácio foi morto no dia 10 de novembro de 2020, em um heliponto da Barra da Tijuca, Zona Oeste. Menos de 10 dias depois, a Delegacia de Homicídios da Capital elucidou o caso, apreendeu quatro fuzis usados no crime e identificou os suspeitos do homicídio do contraventor.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *