sábado, 26 de setembro de 2020

Protesto fecha RJ-106 em SG

Moradores atearam fogo em madeiras e objetos para interditar as pistas. Foto: Eduarda Hillebrandt
Moradores atearam fogo em madeiras e objetos para interditar as pistas. Foto: Eduarda Hillebrandt

Um protesto de moradores da comunidade da Linha, no Rio do Ouro, em São Gonçalo, interditou todas as faixas da rodovia RJ-106, no final da tarde desta sexta-feira (7). De acordo com a população, um jovem, de 22 anos, foi baleado na cabeça e eles acusam a Polícia Militar de ter disparado.

Segundo os moradores, o caso aconteceu quando o jovem chegava em casa pilotando uma motocicleta, com uniforme de trabalho – ele é operário em uma fábrica em Ipiíba. Ainda de acordo com a população, ele foi alvejado após supostamente não obedecer a ordem de parada de policiais.

Ele foi ferido na cabeça e socorrido por familiares para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê. O estado de saúde do jovem, de acordo com informações preliminares, é considerado grave.

“Ele é trabalhador, isso foi uma covardia. O garoto estava chegando do serviço e atiraram na cabeça dele. Então quer dizer que todo mundo que entra de moto na comunidade é bandido? A gente quer justiça”, disse uma manifestante.

O protesto teve início por volta das 17h30, quando moradores interditaram a pista sentido São Gonçalo, na altura de um colégio estadual do bairro. Troncos e entulhos foram incendiados para bloquear o tráfego na rodovia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para desobstruir as pistas e, por volta das 18h, uma faixa já havia sido liberada. No entanto, moradores interditaram novamente outro ponto da rodovia, desta vez bloqueando os dois sentidos, na altura da entrada da Estrada Velha de Maricá.

Os manifestantes não deixavam ninguém ultrapassar a barreira, nem mesmo motociclistas. O trânsito ficou interrompido na rodovia por cerca de uma hora em ambos sentidos. Por volta das 19h30, o tráfego foi liberado, após a desobstrução de militares dos bombeiros.

Policiais militares do Batalhão de São Gonçalo (7º BPM) e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) acompanharam toda a movimentação. Em nota, a PM se limitou a afirmar que não realizou operação na localidade. O caso será investigado pela Delegacia do Rio do Ouro (75ª DP).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

6 thoughts on “Protesto fecha RJ-106 em SG

  1. Moro na região e não foi uma ação policial.
    O rapaz vinha de moto descendo da comunidade quando os policiais viram e pediram para ele parar,ele não parou e saiu com a moto pele contra mão sentido a outra entrada da comunidade.ai sim foi feito o disparo.

  2. BEM VIVEMOS UMA GUERRA SEM FIM , ONDE PRINCIPALMENTE OS MAIS POBRES SAEM PERDENDO, ENQUANTO OS POLÍTICOS E DEMAIS AUTORIDADES COM SEUS ALTOS SALÁRIOS E MORDOMIAS, NÃO ESTÃO NENHUM POUCO PREOUCUPADOS COM QUEM MORRE, PORQUE NÃO SÃO OS FILHOS DESSES CANALHAS QUE ESTÃO MORRENDO, MAS SIM OS DE NOSSO POVO. TEMOS OS PIORES POLÍTICOS DO BRASIL OU QUEM SABE DO MUNDO. VAMOS BANIR ESSA CORJA DE SÃO GONÇALO.

  3. Porque não fizeram essa manifestação na porta do 12 batalhão? Causaram um transtorno a toda a população, se o cidadão não respeitou a ordem de parada, assumiu o risco.

  4. O engraçado é que se a polícia não fizesse nada e mais a frente descobrisse que o rapaz na moto assalto e matou alguém a PM estaria sendo apedrejada do mesmo jeito.
    E mais diriam com ênfase rapaz assaltou e matou morador da comunidade a pois ter passado pela PM recebendo aviso para para porém não parou e PM não fez nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *