segunda, 17 de maio de 2021

São Gonçalo e PRF buscam parceria para reduzir a criminalidade

A inspetora Renata Dutra, chefe da 2ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal, defendeu a aproximação entre a Prefeitura de São Gonçalo e a PRF. Foto: Ascom São Gonçalo

O prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson, se reuniu, na tarde desta quinta-feira (29), com representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), para discutir ações integradas na área da segurança pública.

No encontro, foi debatido o aumento do monitoramento policial, especialmente nos acessos e na área da Rodovia BR-101, no trecho que corta o município de São Gonçalo, com áreas conflagradas pelo tráfico de drogas. O objetivo é reduzir os índices de criminalidade nessas regiões, em especial roubos de carga.

“Sozinhos não podemos implementar ações mais complexas, mas agindo integrados com as forças de segurança estaduais e federais temos tudo para melhorar a qualidade de vida do cidadão gonçalense, e de quem transita pela BR-101, levando à redução dos índices de violência, disse o prefeito Capitão Nelson, que tem na segurança pública uma de suas maiores prioridades.   

O secretário de Ordem Pública, Major David Ricardo, enumerou as primeiras ações de sua Pasta no sentido de reforçar o patrulhamento na cidade, mas destacou também que a integração é fundamental para reduzir a violência.

“O município tem a BR-101, que é uma importante via de acesso a São Gonçalo, cercada por diversas áreas conflagradas pelo crime. Seguindo a determinação do prefeito Capitão Nelson, a Secretaria de Ordem Pública busca essa integração, que tem tudo para gerar resultados positivos”, afirmou.

A inspetora Renata Dutra, chefe da 2ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal, defendeu a aproximação entre a Prefeitura de São Gonçalo e a PRF.

“Nunca houve uma integração da PRF com a Prefeitura de São Gonçalo, de troca de informações e ajuda mútua. É uma parceria fundamental, porque a BR-101 corta São Gonçalo. Com essa integração, só quem tem a ganhar é a sociedade”, disse.

Também foi discutida, no encontro, uma parceria futura, a partir da integração com a PRF, para que a Prefeitura ofereça apoio e atendimento a vítimas de pedofilia. Atualmente, a PRF realiza o combate a este crime, com base na Lei 9234/2021, a Lei Maura de Oliveira, que prevê a elaboração de um cadastro estadual de pedófilos e cyberpedófilos, reunindo informações relativas a condenados pelo crime de pedofilia. A Prefeitura ficaria encarregada de oferecer abrigos, com acolhimento às vítimas que forem encontradas durante as abordagens na estrada. 

Participaram da reunião o prefeito de São Gonçalo Capitão Nelson, o secretário de Ordem Pública, Major David Ricardo, a inspetora Renata Dutra, chefe da 2ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal de Niterói, Marcos Madeira, chefe operacional da 2ª Delegacia da PRF, Rodrigo Moreira, chefe operacional substituto na 2ª Delegacia da PRF.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');