sábado, 19 de setembro de 2020

Técnica de enfermagem responderá por queimar bebê em Niterói

Bebê Juliana teve queimaduras no corpo. Foto: Arquivo

O delegado titular da Delegacia do Fonseca (78ª DP), Luiz Jorge Rodrigues, afirmou que a técnica de enfermagem do Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getulinho’, responsável pela queimadura da bebê Juliana Duarte Anastácio, de seis meses, vai ser indiciada por lesão corporal culposa, quando não há intenção do dolo.

De acordo com o delegado, a direção do hospital também pode ser responsabilizada pela demora da comunicação do fato à polícia.

A delegacia aguarda o resultado da perícia para finalizar o inquérito, o que deve acontecer em 15 dias. Segundo o delegado, resta apenas o depoimento do médico que acontecerá nesta quinta (27).

De acordo com a direção do Getulinho, a paciente segue internada em estado estável. Psicólogos e assistentes sociais se reuniram com a família em diversas ocasiões nos últimos dias.

Apuração interna

A direção do Getulinho disse que entre as medidas já tomadas estão a solicitação de especialistas para contribuir com a apuração, análise do prontuário médico, análise da água e laudos de análises anteriores, além da cultura da lesão.

Todos os profissionais envolvidos já foram ouvidos e a funcionária envolvida já foi afastada.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *