quinta, 04 de março de 2021

Tiros para o alto e ‘proibidões’ durante bailes em São Gonçalo

Uma realidade obscura mostrada através de um vídeo publicado em uma rede social: traficantes da Comunidade da Viúva, no Apollo, em São Gonçalo, foram flagrados dando uma longa salva de tiros no interior da localidade controlada pela facção criminosa Comando Vermelho (CV). O vídeo chegou até os órgãos de segurança pública, neste domingo (21), e a polícia investiga se o flagrante teria ocorrido durante um baile funk realizado na noite do último sábado (20).

Durante o baile deste sábado (21), divulgado nas redes sociais como ‘Bailão do Japão’, atrações do mundo do funk fizeram a festa das pessoas que se aglomeraram e se “divertiram” ao som de ‘proibidões’.

Outro baile funk orquestrado pela criminalidade estava agendado para o fim da noite deste domingo e contou com ampla divulgação através de um perfil no Twitter. O evento começou após a realização de um bloco carnavalesco e da partida entre Flamengo e Internacional, válida pelo Campeonato Brasileiro.

“É hoje. Já estão com o passaporte comprado? Hoje [domingo] rola o melhor baile de São Gonçalo! Baile da Viúva, a partir das 23h o pau quebra na Quadra do Japão”, diz uma das publicações que anunciou o evento irregular feito em plena pandemia causada pelo novo coronavírus.

Comunidade é comandada por velho conhecido da polícia

O que a polícia já sabe sobre a Comunidade da Viúva é o controle por parte de um dos traficantes mais conhecidos de São Gonçalo. O criminoso Julio Cesar Simão de Souza, o ‘Magrinho da Viúva’, é apontado como chefe do tráfico de drogas da localidade.

De acordo com a polícia, Magrinho da Viúva é responsável, juntamente aos criminosos de outras localidades, por roubos de cargas realizados na BR-101. Contra ele existem dois mandados de prisão em aberto pelo crime de roubo majorado.

O acusado também é considerado foragido da Justiça desde 2014, quando saiu em benefício do semiaberto e não retornou ao Instituto Penal Edgard Costa, em Niterói.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Magrinho da Viúva deve denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo Facebook, pelo atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, ou pelo aplicativo para celular.

Resposta das autoridades

Questionado a respeito do vídeo, o comandante do Batalhão de São Gonçalo (7° BPM), tenente-coronel Gilmar Tramontini, informou que os policiais seguem realizando ações de combate ao tráfico de drogas de toda a cidade, mesmo com as restrições causadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Seguimos realizando ações de monitoramento de quaisquer atividades criminosas realizadas no município de São Gonçalo, juntamente com as quatro delegacias de Polícia Civil. Buscaremos através do vídeo identificar e localizar os indivíduos que estão armados”, disse o comandante.

Já a Prefeitura de São Gonçalo, responsável pela autorização e fiscalização de eventos irregulares, informou que “nenhum evento na referida comunidade teve autorização para ser realizado”. Além disso, afirmou que “por se tratar de área de risco, as demandas referentes às denúncias sobre aglomerações ficam a cargo da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro”.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *