domingo, 17 de janeiro de 2021

Toque de recolher e tiroteio no Complexo da Alma

A guerra pela disputa do controle de venda de drogas já dura mais de 15 dias. Foto: Reprodução Redes Sociais

Uma rotina de imposição e medo. Essa é a realidade vivida por moradores do Complexo da Alma – região que abrange bairros como Amendoeira, Coelho e Vila Candoza, em São Gonçalo. Em uma guerra já declarada entre criminosos de facções rivais, que parece estar longe do fim, a nova modalidade de traficantes é impor toque de recolher na região. 

Em uma publicação que circula nas redes sociais, criminosos que seriam ligados ao Comando Vermelho (CV) avisam para os moradores da região não saírem de casa. 

Aviso aos moradores sobre o toque de recolher na região. Foto: Reprodução Redes Sociais.

Rotina de terror

Na madrugada desta terça-feira (16), moradores relataram terem ouvido um tiroteio por mais de uma hora. Procurada, a Polícia Militar informou que não foi acionada para o local nem para nenhuma entrada de baleados em hospitais da região.

A guerra pela disputa do controle de venda de drogas já dura mais de 15 dias e moradores da região afirmam que ficam no meio do fogo cruzado.

Nesta segunda-feira (14), um homem de 51 anos foi atingido por bala perdida no Candoza, depois que voltava da igreja.

Na manhã do último sábado (12), duas pessoas deram entrada baleadas no Hospital Alberto Torres (Heat), no Colubandê. De acordo com a unidade de saúde, os pacientes eram do Anaia e do Amendoeira.

Guerra

Segundo a polícia, tanto o Comando Vermelho como o Terceiro Comando Puro (TCP) contam com reforços vindos de comunidades cariocas.

O Comando Vermelho (CV), que controla mais da metade das vendas de drogas nas comunidades de São Gonçalo continua na tentativa de manter os rivais do TCP, que mantinham reduto no local antes da ‘invasão’, longe do Complexo da Alma.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *