Vendedor foi agredido enquanto caminhava em Alcântara, SG. Foto: Reprodução Redes Sociais

Um vendedor de 26 anos foi brutalmente agredido pelas costas enquanto caminhava pelo calçadão da Rua Manuel João Gonçalves, na região Central de Alcântara, em São Gonçalo. O caso aconteceu no último domingo (3), mas só foi divulgado na tarde desta quinta-feira (7). 

Segundo a esposa do vendedor, ele voltava da casa de um amigo que fica em uma localidade do bairro conhecida como Vila Três, e seguia para uma farmácia onde iria comprar um alicate de unha, quando o crime aconteceu. Antes de entrar no estabelecimento ele foi agredido. A vítima sofreu cortes profundos na cabeça, além de lesões no rosto e nas costas. 

“Ele só se recorda de ter acordado já no chão ensanguentado e ter pedido ajuda para se levantar. Sem entender o que tinha acontecido ele ligou para o meu cunhado informando que havia sofrido um acidente”, contou a esposa. 

O vendedor recebeu amparo de funcionários da farmácia e, logo em seguida, foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), no Colubandê, onde foi atendido e liberado. 

A esposa suspeita que o marido possa ter sido confundido com outra pessoa, pois ele não havia se envolvido em nenhuma discussão recente, e não estava usando blusa de time. 

“Não havia motivo para tanta crueldade. Ele é pai de família, trabalhador, ótimo esposo, menino bom que nunca prejudicou ninguém. Quem o conhece sabe quem ele é, homem de caráter e honesto”, desabafou. 

Pela rede social a vítima recebeu apoio de milhares de internautas. Só a publicação relatando os detalhes sobre o caso já teve mais de mil compartilhamentos. 

O caso está sob investigação da Delegacia de Alcântara (74ª DP) que solicitou imagens de câmeras de segurança para tentar encontrar o autor do crime.  

Qualquer informação que possa ajudar a polícia a chegar ao paradeiro do autor pode ser passada para o Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *