sexta, 23 de abril de 2021

Vereador do Rio é preso acusado de matar enteado de 4 anos

Dr. Jairinho foi preso nesta quinta-feira (8). Foto: Renan Olaz/ Câmara Municipal do Rio

O vereador do Rio de Janeiro Dr. Jairinho (SDD) foi preso, no início da manhã desta quinta-feira (8), acusado pela polícia de matar o menino Henry Borel, de quatro anos, na madrugada do dia 8 de março deste ano, na casa da família, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

O parlamentar foi preso pela Polícia Civil na casa de parentes da namorada e mãe da criança, Monique Medeiros, em Bangu.

O caso estava sendo investigado por agentes da Delegacia da Barra (16ª DP), que concluíram que o vereador foi o responsável pelas agressões com conivência da namorada.

Em nota a Câmara Municipal do Rio de Janeiro, atenta à gravidade da prisão do Vereador Dr. Jairinho e, como já declarado, consternada com a morte do menino Henry, se reunirá nesta quinta-feira (8) para debater a situação do parlamentar, com a responsabilidade que o caso exige.

Ainda em nota, a Câmara informa que embora inexista até o momento representação formulada no Conselho de Ética, será dada toda celeridade que o caso exige.

Em razão da prisão, o vereador tem sua remuneração imediatamente suspensa e fica formalmente afastado do mandato a partir do trigésimo primeiro dia, na forma do art. 14 do Regimento Interno

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');