segunda, 19 de outubro de 2020

Alerj restringe sessões a um dia por semana

Deputados devem manter uma cadeira de distância. Foto: Rafael Wallace/Alerj

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT), anunciou nesta terça-feira (17) que as sessões ordinárias serão restritas às quartas-feiras. A medida vale a partir da próxima semana.

Ainda assim, os parlamentares que não quiserem comparecer poderão se manifestar via WhatsApp, com votações nominais.

O regimento da Casa estabelece três sessões ordinárias por semana, sendo elas terça, quarta e quinta-feira às 15h. De acordo com Ceciliano, as sessões semi-presenciais serão dedicadas à votação de projetos e debate de questões relacionadas à pandemia do Covid-19.

A medida vem na esteira de uma série de restrições de acesso à Alerj, decretadas desde a última semana, quando recrudesceu o número de infectados no Rio.

Ceciliano descartou suspender completamente as atividades do Parlamento. Os gabinetes e setores administrativos estão funcionando em escalas de plantão.

“Quero anunciar que a Assembleia vai funcionar todos os dias. Estamos vivendo um momentos de incerteza quanto à democracia no Brasil. Enquanto eu estiver aqui, o parlamento não vai fechar um único dia”, afirmou Ceciliano.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *