sábado, 31 de outubro de 2020

Alerj vota desconto nas mensalidades escolares nesta terça

Projeto de autoria do presidente será analisado em plenário virtual. Foto: Alerj/Arquivo

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota nesta terça-feira (12), em regime de urgência, o projeto de lei que propõe a redução de 30% nas mensalidades escolares das instituições de ensino fundamental e médio da rede privada no Estado do Rio de Janeiro durante a pandemia.

O projeto de autoria dos deputados André Ceciliano (PT), Dr. Serginho (Republicanos), Rodrigo Bacelar e Vandro Família (Solidariedade), foi debatido em audiência pública com o setor.

A proposta também foi analisada nesta segunda-feira (11) durante a reunião das comissões de Educação, presidida pelo deputado estadual Flávio Serafini (Psol), e de Ciência e Tecnologia, liderada pelo deputado estadual Waldeck Carneiro (PT).

Sobre a votação, Waldeck propôs uma emenda para adicionar um novo artigo ao projeto. O parlamentar quer incluir, ao menos, três representantes dos responsáveis por alunos para discutir a redução de custos e elaborar conjuntamente planilha de despesas e receitas.

“O objetivo é viabilizar uma proposta de desconto diferenciada, de modo que a redução das despesas de custeio das escolas particulares seja integralmente repassada, sob a forma de desconto, para as mensalidades, aos pais e/ou responsáveis que queiram a ela aderir”, explicou o parlamentar, lembrando que é necessário verificar número de alunos, valor das mensalidades, taxas de inadimplência e faturamento líquido anual dos três últimos exercícios.

Publicado às 12h

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *