sexta, 23 de outubro de 2020

Axel e Bagueira ganham mais um reforço em Niterói

Giordano, Neves e Axel renovam parceria. Foto: Divulgação

A base do pré-candidato a prefeito de Niterói, Axel Grael, recém-filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), contará com o apoio do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). A sigla comunista oficializou a aliança em encontro entre as lideranças partidárias em São Domingos, na Zona Sul de Niterói, na segunda-feira (18).

Grael, que é secretário municipal de Planejamento e braço-direito do prefeito Rodrigo Neves (PDT), deve disputar a prefeitura com o deputado estadual Paulo Bagueira (Solidariedade) como vice. 

Neves, que preside o diretório municipal do partido trabalhista, prevê uma coalizão com 15 siglas. O PCdoB foi o segundo partido a oficializar apoio, após o Cidadania, que tem Comte Bittencourt como liderança na cidade.

O PCdoB compôs a coligação de Neves nas duas últimas eleições. Ao longo do governo, o vereador e presidente do diretório municipal do PCdoB, Leonardo Giordano, compôs a base do governo. O vereador pretende tentar a reeleição na Câmara no pleito de outubro.

No último ano, o partido de Giordano ampliou presença no Executivo com a nomeação de Victor de Wolf, um dos quadros do partido comunista na cidade, para a Secretaria Municipal de Cultura. 

Na ‘defensiva’

Para Giordano, o apoio à chapa se deve ao fato do PCdoB ter optado, a nível nacional, por formar frentes amplas. O partido comunista avalia que o país enfrenta uma onda fascista sob o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

“Nosso apoio se deve à necessidade imperiosa em Niterói de derrotar o projeto fascista, que tem uma expressão local poderosa. A candidatura do Axel é a mais viável para conter esse projeto. Qualquer que seja o candidato do bolsonarismo, precisa ter uma derrota exemplar”, afirmou o parlamentar.

O encontro, que teve presença de Neves, selou agendas em comum entre os partidos.

“Uma sinalização importante para o PCdoB é ampliar esse eixo de investimento na área da Cultura, especialmente para a Zona Norte de Niterói”, pontuou o vereador, citando a desapropriação de um casarão no Fonseca para implantação de um centro cultural.

Questionado sobre um possível alinhamento do Partido Social Cristão (PSC) do governador Wilson Witzel, Giordano respondeu:

“Acredito que essa aproximação não vai se concretizar. A chapa claramente tem em sua direção um progressista. A questão deveria ser para o Witzel. A contradição é mais dele. Somos oposição ao Witzel pelas mesmas razões que nos opomos ao Bolsonaro” afirmou.

Ainda no campo da esquerda, o Partido dos Trabalhadores discute em plenária, nas próximas semanas, se apoiará oficialmente Axel e Bagueira.

São Gonçalo

Se em Niterói o alinhamento do PCdoB ao PDT afasta qualquer possibilidade de aliança com o Partido Socialismo e Liberdade (Psol), que tem o deputado estadual Flávio Serafini como pré-candidato, na vizinha São Gonçalo o cenário é diferente.

Os partidos anunciaram uma frente de esquerda tendo Isaac Ricalde pelo PCdoB e Professor Josemar pelo Psol como pré-candidatos. A aliança ainda não decidiu, no entanto, qual nome tem mais força para liderar a chapa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *