terça, 26 de janeiro de 2021

Axel Grael define ‘braço direito’ do governo

O prefeito eleito de Niterói, Axel Grael (PDT), já definiu outros nomes que vão compor sua equipe de governo a partir de 2021. Entre as principais escolhidas estão Mariane Thamsten, como chefe de Gabinete, e Valéria Braga, que assumirá o Escritório de Gestão de Projetos.

O escritório será ligado diretamente ao prefeito. O órgão englobará a captação de recursos, Relações Internacionais, Núcleo de Gestão Estratégica, Sigeo e Geoclima. A atual chefe de Gabinete da Prefeitura, Rúbia Secundino, assumirá a Secretaria de Governo.

Axel Grael, Foto: Marcelo Tavares

“Estou montando uma equipe da minha extrema confiança, trabalhei com muitos destes profissionais nos últimos anos e alcançamos, juntos, muitos resultados e o reconhecimento da população no governo Rodrigo Neves”

Axel Grael, prefeito eleito

Renato Barandier se mantém como secretário de Urbanismo e Dayse Monassa fica à frente da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos. Luiz Carlos Gallo será mantido na Secretaria de Esportes e Binho Guimarães, vereador eleito, fica com a pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O coronel Paulo Henrique de Moraes se mantém como secretário de Ordem Pública, acompanhando de perto o gerenciamento do Pacto Niterói Contra a Violência, que continuará sob a coordenação de Maria das Graças Raphael. O coronel Gilson Chagas continua à frente do Gabinete de Gestão Integrada do Município – GGIM, coordenando o Niterói Presente e o Cisp.

Na Secretaria de Defesa Civil, o coronel Walace Medeiros também foi mantido. Roberto Nunes Teixeira fica à frente da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, que será transformada no Procon-Niterói, conforme já aprovado na Câmara de Vereadores.

“Niterói tem um projeto de cidade. Sabemos onde queremos chegar. Faremos um trabalho de continuidade, com inovação, para fazer de Niterói uma cidade cada vez mais sustentável, próspera e justa” , ressaltou Grael.

Na última semana, o prefeito eleito já havia anunciado o sociólogo e ex-vereador Bira Marques como secretário Executivo da prefeitura. Também já está definida a equipe econômica. A atual secretária de Fazenda, Giovanna Victer, assumirá a Secretaria de Desenvolvimento, com a missão de alavancar a geração de empregos e renda. Marília Ortiz deixa a Subsecretaria de Planejamento e assume a Fazenda.

O time feminino da retomada econômica conta ainda com Ellen Benedetti, que fica no Planejamento, e Cristiane Mara Marcelino, mantida na Controladoria Geral do Município.

Cultura

Giordano pode assumir a Secretaria de Cultura ou Fundação de Arte de Niterói (FAN). Foto: Arquivo

Nome cotado para comandar a pasta da Cultura em Niterói, o vereador reeleito Leonardo Giordano (PCdoB) garante que ainda não há confirmação de convite e que aguarda a ligação formal do prefeito eleito Axel Grael (PDT). Apesar de militar para o setor enquanto já esteve na Câmara dos Vereadores, o parlamentar considera como primeira opção se manter na cadeira legislativa.

“Ainda não fui procurado oficialmente pelo prefeito para discutir essa possibilidade. Hoje a Secretaria de Cultura já exerce um papel fundamental para o setor, ganhou um repertório novo, com a descentralização dos recursos culturais e idealização de projetos importantes, como fazer o Centro Cultural da Zona Norte. Minha prioridade ainda é continuar na Câmara, tenho certeza que minha contribuição legislativa é muito benéfica ao setor. Mas se for uma intenção fazer o convite, eu aguardo a ligação”

Saúde e Educação

Rodrigo Oliveira foi responsável por toda gestão da Saúde desde o início da pandemia. Foto: Ascom/Niterói

Com o desafio de manter o controle da pandemia do novo coronavírus na cidade, Axel Grael ainda não bateu o martelo sobre quem será o secretário de Saúde do município. De acordo com interlocutores do governo, as negociações com o atual responsável pela pasta, o médico sanitarista Rodrigo Oliveira, avançam e ele é o nome mais cotado a continuar no cargo.

Rodrigo Oliveira também preside a Fundação Municipal de Saúde (FMS), órgão importante da gestão do governo de Niterói. Outra pasta fundamental que ainda não obtém um veredicto é a Educação. Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação (SME) é comandada pela professora Flávia Monteiro de Barros Araújo.

Diferente da Saúde, a Fundação Municipal de Educação (FME) tem um presidente diferente da secretaria. Atualmente, quem responde pelo órgão é Fernando Soares da Cruz. O nome oficial para comandar a pasta em janeiro também ainda não foi oficializado.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *