quarta, 28 de outubro de 2020

Bolsonaro é acusado de perseguir a imprensa

Para senador, tanto Bolsonaro como seus apoiadores perseguem os órgãos de imprensa e os jornalistas. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O senador Humberto Costa (PT-PE) acusou nesta terça-feira (26) em pronunciamento o presidente da República, Jair Bolsonaro, e seus apoiadores de perseguirem os órgãos de imprensa e os jornalistas.

Ele considerou que a decisão de importantes veículos da mídia de retirar as equipes de reportagem que faziam plantão na entrada do Palácio da Alvorada, após sofrerem, continuamente, agressões verbais, é mais uma prova do assédio aos profissionais do setor.

O parlamentar comparou a atitude dos governos do Partido dos Trabalhadores em relação à imprensa com a prática da atual administração, o que, na sua opinião, demonstra quem realmente defende a democracia.

“Treze anos nós governamos o Brasil, com Lula e com Dilma, e ali naquele momento o Brasil desfrutou da mais ampla liberdade de expressão, da mais ampla liberdade de imprensa e do tratamento mais técnico e democrático possível para a utilização das verbas de publicidade do governo federal”, disse Humberto Costa.

Já no atual governo, segundo Humberto Costa, não existe respeito ao contraditório, não há convivência pacífica com a divergência e o presidente não mostra qualquer apreço pela liberdade de imprensa e pela liberdade de expressão, não respeita a Constituição e nem as instituições do estado democrático.

Publicado às 18h54. Agência Senado.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *