quarta, 30 de setembro de 2020

Deuler fecha com Ceotto em Niterói e Jordy desdenha

O delegado Deuler Rocha e o empresário Alexandre Ceotto fecharam aliança na disputa pela Prefeitura de Niterói. Foto: Divulgação

O Partido Social Liberal (PSL) e o Republicanos se uniram para disputar a Prefeitura de Niterói. A decisão foi sacramentada na tarde desta quinta-feira (10) e a chapa agora traz o delegado federal Deuler da Rocha com o administrador Alexandre Ceotto. Os nomes serão confirmados nas convenções das siglas, marcadas para sábado (12) e segunda-feira (14).

“É importante primeiramente por uma união sólida pela direita em Niterói. Segundo porque o Ceotto tem uma identidade muito grande de propósitos em programas que são acoplados aos nossos. Então, a coisa está indo bem. A ideia transcorreu bem. O Ceotto foi o que mostrou uma linha mais apresentável”, disse o delegado.

O empresário Alexandre Ceotto (Republicanos) afirmou que não se trata de ‘abrir mão da candidatura’, mas sim caminhar em duas pontas da cidade para levar os ideais direitistas e a proposta da chapa.

“A gente sabe que as eleições são muito difíceis e pela primeira vez Niterói vai ter uma oposição de verdade. Uma cidade sem oposição é uma cidade sem democracia. Queremos ser uma direita moderna, propositiva e inovadora. Com investimentos em segurança pública e geração de emprego em larga escala. A divisão é essa, duas pessoas e partidos fortes tomando conta da cidade e levando proposta para os quatro cantos”, afirmou.

Vice-presidente estadual do PSL, o deputado federal Felício Laterça – que atua na coordenação de campanha em Niterói – afirma que é importante unir os dois nomes para uma frente de direita na cidade. De acordo com o representante da sigla, a coligação pode chegar a ir às urnas com o apoio de outros quatro partidos.

“Queremos unir nossos propósitos para mudar a cidade e o Brasil. Ter uma frente de direita é o grande sonho que ainda não aconteceu em Niterói. E a eleição poder ser uma reposta do que aconteceu em 2018 e está perto de se concretizar. Essa é a unica frente real com a tendencia de reunir a direita em torno de uma candidatura consistente”

Felício Laterça, deputado federal

Carlos Jordy

Deputado federal Carlos Jordy declarou ser o nome mais forte do partido na cidade. Foto: Rede Social

Nome forte do PSL em Niterói, o deputado federal Carlos Jordy garante que a decisão será dele e que trata direto com a cúpula nacional do partido. Contrariando Laterça, que afirmou já ter conversado com o bolsonarista para definir uma candidatura em Niterói, Jordy informa ainda não ter definido sua entrada na disputa pela prefeitura da cidade.

“Muita gente tinha falado sobre o Jordy para a união da direita em Niterói. Mas ele mesmo, num primeiro momento, disse que não queria vir candidato. Por ele ser do PSL, fizemos o convite para ele, mesmo ele tendo feito todo um movimento para sair do partido”, disse.

Por sua vez o deputado Caros Jordy garante que ele ainda é a melhor opção do partido na cidade. Com isso a hipótese de uma chapa entre ele e Antônio Rayol (Podemos) permanece em aberto. Nesta sexta-feira (10) um encontro organizado por Jordy está programado para acontecer no Centro de Niterói com as presenças dos também deputados Eduardo Bolsonaro, Daniel Silveira e Filipe Poubel, todos do PSL. Ocasião que pode definir o lançamento da candidatura de Jordy na disputa pela Prefeitura de Niterói e provocar nova reviravolta das escolhas do partido.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *