terça, 02 de março de 2021

Dimas Gadelha na mira da PF por suspeita de compra de votos

Publicada às 9h10. Atualizada às 14h.

A PF informou que apreendeu R$ 140 mil na casa de Dimas. Foto: Arquivo / Pedro Conforte

A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta terça-feira (2), mandados de busca e apreensão na casa do ex-candidato à prefeitura de São Gonçalo Dimas Gadelha (PT). A ação faz parte da operação Sufrágio, que também acontece nas cidades de Niterói e Maricá.

Dimas Gadelha, que atualmente é o secretário municipal de Políticas Sociais de Maricá, teve o celular apreendido e será investigado pelo crime de corrupção eleitoral.

“Estou surpreso com essa busca e apreensão. Confiante na Justiça, tenho certeza de que tudo será devidamente esclarecido”, declarou Gadelha.

Foram apreendidos R$187 mil em espécie, além de celulares e computadores durante a operação.

“Já temos indícios de provas de corrupção eleitoral, que foram coletados no auto de prisão em flagrante no segundo turno das eleições. Agora será feita a analise desses documentos”, afirmou o delegado Fabrício Alonso Martinez.

Ainda de acordo com o delegado, não há evidências do envolvimento de outros candidatos no esquema.

A investigação é um desdobramento da prisão em flagrante de quatro pessoas durante o 2º turno das eleições municipais de São Gonçalo. Na ocasião, foram apreendidos dinheiro em espécie, latas de cerveja e material de campanha.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *