quarta, 20 de janeiro de 2021

Estado do Rio conta com isenção do Imposto Incidente sobre Doações

“É extremamente importante a demonstração de solidariedade de muitos empresários ao povo do Estado do Rio de Janeiro, sobretudo neste momento em que a população está passando por momento difíceis”, avalia Witzel. Foto: Divulgação

O Governo do Rio de Janeiro publicou nesta quinta-feira (16) decreto que garante a isenção do Imposto Incidente sobre Doações (ITCMD) em todo o estado. A medida é uma ação conjunta entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais e de Fazenda.

“É extremamente importante a demonstração de solidariedade de muitos empresários ao povo do Estado do Rio de Janeiro, sobretudo neste momento em que a população está passando por momento difíceis. É importante incentivar atitudes como essas”, avaliou o governador Wilson Witzel.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, essa é uma medida importante para o terceiro setor e para o trabalho de filantropia e solidariedade durante a pandemia de Covid-19.

“A isenção permanecerá após a crise atual. É uma política pública do Governo do Estado que veio para ficar”, explicou.

Segundo Tristão, com o engajamento da sociedade e da iniciativa privada em ações solidárias para minimizar os impactos da pandemia, o objetivo é dar segurança jurídica e garantir que as doações não sejam oneradas.

“É uma medida importante para quem faz e para quem recebe a doação, já que o imposto onera toda a operação”, ressaltou.

De acordo com o advogado especializado em Terceiro Setor e presidente da Federação de Fundações Privadas e demais OSC do Estado do Rio de Janeiro (Funperj), Paulo Haus, o decreto é um marco fundamental para o país.

“Trata-se de uma isenção abrangente, ainda única em todo o Brasil e que esperamos que seja seguida por outros estados”, disse Haus.

Mobilização

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está em uma das frentes para a mobilização de empresas, associações e entidades empresariais para realizarem doações de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e equipamentos hospitalares, que serão enviados para a Secretaria de Saúde, e de cestas básicas, com material de higiene e limpeza e água mineral, que serão encaminhadas para o RioSolidario.

“Essa é uma situação emergencial e sem precedentes. É importante que neste momento as empresas ponham em prática os conceitos de responsabilidade social e demonstrem o compromisso com o Estado do Rio de Janeiro e, principalmente, com a sociedade fluminense. Esse é o momento de agir”, conclui o secretário Lucas Tristão.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *