quinta, 26 de novembro de 2020

Felipe assina compromisso sem aborto em Niterói

Felipe Peixoto e Bruno Lessa estiveram na sede da Arquidiocese, em Icaraí. Foto: Manuel Fer – Divulgação

Os candidatos à Prefeitura de Niterói movimentaram às ruas da cidade em mais um dia de campanha eleitoral nesta terça-feira (27). Felipe Peixoto (PSD), começou a agenda com a assinatura de mais um termo de compromisso. Desta vez a carta foi a Pró-Vida, do Movimento Nacional Brasil sem Aborto, assinada com a Rede Nacional em Defesa da Vida e Família.

Para demonstrar seu comprometimento com a causa, o prefeitável entregou o documento ao arcebispo de Niterói, Dom José Francisco Rezende Dias, em encontro na própria sede da Arquidiocese, em Icaraí.

Na ocasião, Felipe falou das políticas públicas de apoio à família e à mulher e lembrou da sua luta em defesa da vida humana com projetos que aprovou na Câmara de Vereadores voltados à área. Um deles é a Lei Municipal N° 2812/11, que instituiu o Dia do Nascituro.

Participaram do encontro o padre Carmine Pascale, pároco da Paróquia São Judas Tadeu em Icaraí e assessor arquidiocesano; o vice-prefeito de Felipe, vereador Bruno Lessa (DEM); e uma candidata a vereadora pelo PSD.

“Hoje assinei com muita satisfação o Termo de Compromisso que nada tem a ver com questões partidárias, mas sim com a minha formação. Tenho orgulho de dizer que esses valores vêm de berço e me motivaram a elaborar e lutar por leis como a do Dia do Nascituro, 20 de novembro”, disse.

“É a lei que garante o direito de nascer do nascituro, aquele que está em desenvolvimento no ventre materno, ou seja, o que todos nós já fomos um dia. Foi muito bom tratarmos de políticas públicas para os mais diversos setores e podermos assumir o compromisso de investir nessas frentes como prioridade”, acrescentou Felipe.

O tema Saúde da Mulher dominou a agenda de Flavio Serafini (PSOL) nesta terça. Ele esteve na Maternidade Alzira Reis, em Charitas, ao lado de candidatas a vereadora e de lá fez uma live no Instagram, “tratando dos problemas encontrados”.

Nas palavras do candidato, a unidade é uma das poucas da rede pública da cidade que oferece o procedimento de parto e só atende baixo risco, “o que acaba sobrecarregando outros hospitais, como o Azevedo Lima, por exemplo”, opina.

Serafini aponta que a questão do acesso das mulheres aos serviços públicos especializados de saúde é um problema em Niterói, no que se refere à oferta de unidades para realização de parto, à distribuição de contraceptivos e à divulgação de informações relevantes. Ele diz que o município conta com uma clínica de especialidades na área, que é a Malu Sampaio, no Centro.

“Hoje as duas unidades voltadas para a saúde da mulher de Niterói estão sucateadas, com infraestrutura degradada e falta de profissionais. Vamos investir nessas unidades e realizar concurso público para garantir os profissionais”, disse Flavio Serafini.

O candidato Deuler da Rocha (PSL), realizou pela manhã filmagens em Itaipu, na Região Oceânica, para seu programa no horário eleitoral.

À tarde, concedeu entrevista ao Plantão Enfoco. No início da noite, participou de conversa virtual com alunos de uma universidade, onde respondeu perguntas de alunos do curso de Comunicação Social.

“É sempre importante ouvir, trocar ideias com estudantes, principalmente de um curso de tem um olhar mais amplo, mais questionador, que é o de Comunicação Social”, contou Deuler.

Juliana Benício (NOVO) reuniu-se com 170 guardas municipais de Niterói que, segundo ela, fizeram uma série de reivindicações. A candidata diz que focará seus esforços em capacitar e valorizar a Guarda Civil Municipal “subutilizada devido à incapacidade da prefeitura em coordenar seu próprio quadro e, consequentemente, de garantir a segurança na cidade município”, atacou.

“A Guarda Civil Municipal foi parcialmente politizada e nós vamos resolver essa questão, considerando o mérito dos profissionais. Apoio a aprovação de um novo estatuto da GCM, elaborado a partir da escuta coletiva e privilegiando a qualidade do serviço”, declarou a candidata.

Ela afirmou que vai intensificar as atividades táticas, patrulhamento escolar, assistência social, meio ambiente e trânsito.

“Mas para isso é preciso garantir que os quadros da GCM sejam montados por critérios transparentes, técnicos e de mérito”, comentou.

Já o candidato Allan Lyra (PTC) iniciou agenda pela manhã com o Deputado Estadual Márcio Gualberto em uma audiência com o Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, oportunidade que teve para expor seus planos para o governo e pedir sua benção para a candidatura.

À tarde, Allan fez panfletagem no Largo da Batalha, e aproveitou para conversar com comerciantes locais. “[É] necessário que os comerciantes saibam que não serão abandonados se elegermos quem realmente se preocupe com eles e com a economia da cidade”, alegou.

“A gestão atual já mostrou que faz o que dá na telha com o dinheiro público, mas esquece quem precisa dela e também de quem ela precisa”, lamentou o candidato – que encerrou o dia realizando reunião com apoiadores e, em seguida, participando de uma live.

Os candidatos Axel Grael (PDT), Renata Esteves (PMB) e Tuninho Fares (DC) não informaram compromisso de campanha até a publicação da matéria.

A então candidata Danielle Bornia (PSTU) teve a candidatura indeferida na segunda (26). Com isso, o então vice, Sérgio Perdigão (PSTU), assume a cabeça de chapa. Perdigão não teve atividade eleitoral divulgada nesta terça, já que as mudanças ainda dependem de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Publicada às 20h15

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *