sexta, 18 de setembro de 2020

Fundo Soberano de Maricá poderá sofrer alteração

Centro de Maricá, com a igreja em primeiro plano.
Foto: Pedro Conforte

O Fundo Soberano de Maricá (FSM) poderá sofrer alteração em seu texto devido à pandemia do novo coronavírus. Na manhã desta quarta-feira (20) foi votado o projeto de lei enviado por Mensagem do Executivo, que insere os incisos V e VI no art. 4º da Lei Municipal que dispõe sobre a criação do Fundo Soberano de Maricá (FSM), sua estrutura, fontes de recursos e aplicações.

Entre as alterações, foram inseridas as seguintes disposições ao artigo 4° – constituirão receitas do Fundo Soberano o inciso V que visa assegurar a solvência do município nos casos de déficit financeiro imprevisível decorrente de calamidade pública, reconhecida na forma do artigo 65 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Já o inciso VI visa garantir a execução de políticas anticíclicas a eliminar o impacto da retração econômica, condicionada à aprovação do Conselho Diretor e Deliberativo do Fundo Soberano de Maricá, a qual deverá estar acompanhada de parecer técnico demonstrando a pertinência do resgate e os efeitos da medida na economia local.

De acordo com o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leonardo Alves, o FSM não deverá ser utilizado ainda.

“O FSM foi criado para projetos futuros. Hoje, temos nele R$ 387 milhões, com crescimento a cada mês. Ele foi criado para nos dar uma margem de segurança nos futuros projetos da cidade. Não temos o porquê utilizá-lo neste momento. Estamos com uma margem significativa de recurso. Claro, se a economia do país não voltar ao normal, teremos que repensar. Entretanto, não é isto que estamos vendo. Acredito que o Fundo Soberano de Maricá vai ficar por muitos anos sem ser utilizado”, garantiu.

O PL foi votado em primeiro turno e aprovado por 12 vereadores. O texto ainda deverá ser votado novamente na próxima semana, se aprovado será encaminhado para sanção do prefeito.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *