segunda, 25 de janeiro de 2021

Horta diz que continuará governando para os mais pobres em Maricá

Fabiano Horta e Diego Zeidan tomaram posse na manhã desta sexta (1º). Foto: Divulgação/ Ascom Maricá

A cerimônia de posse do prefeito de Maricá reeleito, Fabiano Horta (PT), e do vice-prefeito, Diego Zeidan, ocorreu por videoconferência no fim da manhã desta sexta-feira (1º).

O prefeito, que estava ao lado da primeira dama, Rosana Horta, e do vice-prefeito, realizou o juramento e logo depois um discurso que começou saudando os vereadores, que também foram empossados na cerimônia.

“Um momento de representatividade que vocês estabelecem para a democracia do município de Maricá. Vocês são a legitimidade da representação social decidida pelo povo. Desejo que, neste período, nestes quatro anos de construção, vocês exerçam os mandatos com a perspectiva e com o firme fundamento de lutas pelas causas populares, pela democracia, pela melhoria de vida da cidade e do povo de Maricá”, afirmou Horta.

Ainda falando dos vereadores, o petista disse que acredita na expectativa da interdependência nacional que há entre os poderes Executivo e Legislativo. 

“Vamos buscar sempre a relação da multiplicidade de ideias e ao mesmo tempo nós converjamos para aquilo que seja o bem comum da população de Maricá. Desejo a vocês uma legislatura que expresse o desejo de todos aqueles que depositaram nas urnas o valor democrático, e a força do voto”, destacou.  

Horta continuou o discurso agradecendo a Deus e a toda população de Maricá. Ele prometeu continuar a trajetória de governo que terá na sua centralidade a figura humana dos mais pobres. 

“Junto com o vice-prefeito Diego quero agradecer com toda intensidade a recondução ao posto de prefeito municipal. Há um espírito que aflora em nós de muita honra estabelecida pelo povo, a partir da votação e de tudo que aconteceu nas urnas. Essa honra para nós não se reflete na dimensão da vaidade ou de um estado de satisfação. Ao contrário, a honra imputa sobre nós um senso de responsabilidade com os desafios futuros e presente que a cidade tem. Nós reafirmamos um projeto que tem na centralidade na figura humana dos mais pobres com os direitos sociais garantidos. Por isso, vamos continuar trilhando essa trajetória”, destacou.

 Em outro ponto do discurso, Horta se comprometeu a completar o ciclo da estrutura local tendo como maior desafio a água e esgoto.

“É preciso avançar com a urbanização, ampliando redes de educação e sáude e assistência social. Água e esgoto nessa segunda etapa de governo quero concluir o início objetivo de um ciclo que traga essa garantia para a cidade de Maricá”, afirmou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *