quinta, 03 de dezembro de 2020

Pericar abre mão do fundo partidário em campanha

Pericar teria direito a mais de R$ 4 milhões para campanha. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

A segunda semana de campanha mirando as eleições municipais deste ano foi iniciada, nesta segunda (5), de formas diferentes para os ‘prefeitáveis’ de São Gonçalo. Uns foram para as ruas, outros realizaram gravações. Já o candidato pelo Partido Social Liberal (PSL), Ricardo Pericar, surgiu nas redes sociais em vídeo revelando que não pretende usar o dinheiro do fundo partidário para a campanha.

Com a decisão, Pericar informou que realizará apenas caminhadas “minimalistas”, fazendo ações com seu próprio carro de som, usando bastante a internet, organizando lives e postando seus planos de governo. A ideia é não ir fazer visitas em muitos bairros e comunidades.

“Sempre fui contra o uso do dinheiro público em campanhas. Quando estive em Brasília e foi colocado em pauta a discussão sobre o aumento do fundo partidário, votei contra. A cada eleição, é um monte de político usando da demagogia, prometendo mundos e fundos, dizendo que farão isso e aquilo e o resultado já sabemos. Conheço cada canto e cada dificuldade que passa nossa população”, disse Pericar, que teria direito a mais de R$ 4 milhões para fazer campanha.

Nanci realizou gravações. Foto: Divulgação/Ascom

Depois de uma maratona de caminhadas e reuniões no final de semana, o prefeito e candidato à reeleição pela coligação ‘Melhor o Certo do que o Duvidoso’, José Luiz Nanci (Cidadania), iniciou o dia gravando mais um programa eleitoral. O tema escolhido mais uma vez foi Saúde. Em seguida, Nanci cumpriu a agenda como prefeito, visitando hospitais e fiscalizando obras públicas. À noite, o candidato participou de três reuniões políticas.

Ao lado da candidata a vice-prefeita, Márcia Valéria, Nanci falou sobre a cidade, obras e projetos realizados e da importância do horário eleitoral gratuito. Nanci encerrou a gravação falando do início jogo político mais sujo e das fake news nas redes sociais.

“Vou usar todo o meu tempo mostrando o que fizemos nos últimos três anos e meio de governo e apresentando propostas para um segundo mandato. Temos menos de 40 dias de campanha e não vou perder o meu tempo respondendo ataques, baixarias e fake news, que começam a surgir neste período eleitoral. Vou mostrar como assumimos a prefeitura em 2017 e o muito que fizemos após pagarmos mais de R$ 630 milhões de dívidas deixadas por governos passados”, garantiu o candidato do Cidadania, que tem apoio ainda do PV e MDB. 

Capitão Nelson foi às ruas. Foto: Maria Costa/Divulgação

O Capitão Nelson (Avante) também deu sequência a sua campanha nesta segunda-feira (5). Ao longo do dia, o ex-deputado estadual e vereador licenciado, atendeu apoiadores e a população em seu gabinete da rua Alzira Vargas, em Vista Alegre.

No início da noite, o candidato se encontrou com apoiadores gonçalenses por volta das 18h30, no Centro de Convenções Ideale Eventos, na rua Coronel Serrado, no Centro. Em seguida, visitou o bairro do Rocha, onde se encontrou com integrantes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e moradores, na Estrada Carioca.

Os candidatos Dejorge Patrício (Republicanos), Dayse Oliveira (PSTU), Dimas Gadelha (PT), Isaac Ricalde (PCdoB), Rodrigo Piraciaba (PSB) e Roberto Sales (PSD) não divulgaram material sobre o dia de campanha.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *