sábado, 05 de dezembro de 2020

Pós-eleição da Covid-19 para políticos de Niterói e região

teste rápido para detecção do novo coronavírus (Covido-19)
Personalidades da política testaram positivo. Foto: Arquivo/ Ibici Silva

Na semana pós-eleições municipais, personalidades da política local seguem divulgando testes positivos para a Covid-19 ou levantando suspeitas de estarem com a doença após apresentarem sintomas.

O primeiro a confirmar foi o ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá, atual vice-presidente do diretório nacional do Partido dos Trabalhadores e pai do recém eleito vice-prefeito de Maricá, Diego Zeidan (PT), que também revelou estar se cuidando da doença. Quaquá, por sinal, tem feito uma espécie de ‘diário’ nas redes sociais, informando aos seguidores a evolução do quadro clínico.

Reeleito em Maricá, o prefeito Fabiano Horta (PT) também foi infectado pelo vírus e divulgou a informação, por meio da prefeitura, na quinta-feira (19). Desde então ele se mantém em repouso.

Em Niterói, o prefeito Rodrigo Neves (PDT) teve que fazer testes nesta sexta (20) após apresentar sintomas de gripe forte, especialmente febre, além de tosse, coriza e dor de cabeça, no início da semana. O resultado do exame ainda não saiu, segundo a prefeitura.

“Informaremos o resultado assim que ficar pronto”, disse em nota. Médicos receitaram remédios para ele tomar em casa.

Neves também teve duas secretárias diagnosticadas com o novo coronavírus: a de Fazenda, Giovanna Victer, que compartilhou a notícia em uma rede social neste sábado (21); e a de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, que comentou em um perfil de rede social privado já estar medicada.

“Batemos na trave por oito meses. Estamos medicadas e vamos passar por esse vírus”, disse Dayse na publicação em que a colega de trabalho revelava estar com o vírus. À reportagem, ela disse que está bem. “Só uma tosse, sem febre e nenhum outro sintoma”.

O secretário estadual de Educação, Comte Bittencourt, não escapou dos sintomas da doença e segue em isolamento social, já que começou a apresentar sintomas da Covid-19 na noite de quinta-feira (18). Ele vai aguardar os três dias recomendados pelas autoridades sanitárias e já na segunda-feira (23) fará o teste.

Já o candidato a prefeito de São Gonçalo, Dimas Gadelha (PT), foi outro que fez exame para Covid-19, já que esteve junto ao prefeito e vice-prefeito de Maricá no último domingo (15), após a vitória da reeleição por lá. No entanto, a assessoria de campanha de Gadelha afirmou que o resultado deu negativo, inclusive o da esposa. Ele segue fazendo campanha visando o segundo turno, marcado para 29 de novembro, quando disputará vaga na prefeitura com o adversário Capitão Nelson (Avante).

Publicada às 16h15. Atualizada às 17h04.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *